Mães denunciam professor por crime sexual em escola na BA: 'apalpou os seios'

Um professor de matemática do Colégio Municipal Professora Dáulia Angélica de Souza Santos, na cidade de Vera Cruz, na Região Metropolitana de Salvador, é suspeito de cometer crimes sexuais contra alunas adolescentes. Segundo as vítimas, o homem teria tocado nas partes íntimas delas.

A Polícia Civil registrou os casos e, em nota, informou que por tratar-se de denúncia de crime contra a dignidade sexual e também em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente, os procedimentos ocorrem em segredo de Justiça e não serão divulgados detalhes sobre o caso.

A prefeitura de Vera Cruz informou que o professor denunciado foi afastado das atividades.

De acordo com a mãe de uma aluna de 12 anos, que preferiu não se identificar, o docente passou a mão nos seios da adolescente.

A avó de outroa aluna, também de 12 anos, disse que uma situação semelhante ocorreu com a neta dela na última semana.

Já a mãe de uma aluna de 11 anos, relatou que a menina foi vítima do mesmo professor há um mês e mudou de comportamento após o ocorrido. A mulher detalhou que a criança não quer ir para a escola e sente crises de ansiedade, vômitos e dor de cabeça desde o ocorrido em sala de aula este ano.

A Prefeitura de Vera Cruz informou que a primeira denúncia ocorreu diretamente na delegacia e a polícia informou a escola. O caso foi levado no mesmo dia pela direção da unidade educacional para a Secretaria Municipal de Educação.

Em seguida, foram feitas duas reuniões com os envolvidos e ficou definido o afastamento do professor. As estudantes foram encaminhadas para acompanhamento psicológico.

Os advogados do professor informaram que ele leciona há mais de 25 anos e que não vai se pronunciar porque não teve acesso aos autos. A defesa informou ainda quando o homem for intimado se pronunciará sobre o caso.

g1 Bahia

 

 

 

 

 

 

 

 

Mulher consegue fugir após ser mantida em cárcere privado durante 28 anos na Bahia

Uma mulher foi resgatada em Juazeiro, no norte da Bahia, após ter sido mantida em cárcere privado, durante 28 anos. Segundo a Polícia Civil, ela conseguiu fugir do imóvel em que morava com os filhos de 5 e 11 anos, e o marido, que cometeu o crime.

O caso aconteceu no dia 20 de agosto, no povoado de Abóbora, na zona rural. A mulher, que não teve nome divulgado, conseguiu pedir socorro para uma irmã. De acordo com a polícia, agentes da Guarda Municipal foram ao local com a vítima, mas não encontraram o suspeito. A mulher pegou documentos e objetos pessoais, além dos filhos, e deixou o imóvel.

Uma mochila foi encontrada dentro da casa com uma faca, que foi apreendida. A Polícia Civil informou que uma medida protetiva foi solicitada para a vítima e o suspeito é procurado.

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade de Juazeiro forneceu suporte para as crianças.

g1 Bahia

Suspeito de participar de chacina com nove mortos na Bahia é preso, e dois morrem em confronto com a polícia

Um suspeito de participar da chacina com nove mortos na cidade de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador foi preso e dois morreram em confronto com policiais civis, na madrugada desta terça-feira (29).

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram encontrados escondidos em uma região de mata por equipes do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), do Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core).

De acordo com a polícia, um quarto envolvido ainda está sendo procurado dentro de uma região de mata.

Com o trio foram apreendidos duas pistolas, carregadores, munições, rádios comunicadores e porções de drogas. A polícia ainda não identificou a motivação do crime.

Ainda segundo a polícia, todo material apreendido será encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O que se sabe sobre a chacina

O crime aconteceu por volta das 16h de segunda-feira (28). Entre as vítimas, estão seis adultos e três crianças;

Dos nove mortos, cinco estavam em estado de completa carbonização, dois parcialmente carbonizados e dois sem queimaduras, mas com ferimentos de arma de fogo.

Apenas uma pessoa sobreviveu, um adolescente de 12 anos. Ele foi levado ao hospital e já prestou depoimento à polícia. Apesar disso, o depoimento dele não foi divulgado.

g1 Bahia

Após aprovação de projeto, governo do estado anuncia pagamento de mais de R$ 1 bilhão de precatórios para professores

O governo da Bahia informou nesta segunda-feira (28) que vai repassar R$ 1,25 bilhão a profissionais da Educação Básica da rede estadual e seus herdeiros (em caso de falecimento) neste ano. A medida ocorre após o projeto referente ao pagamento do Fundo de Desenvolvimento da Educação Fundamental (Fundef) ser aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado (Alba), na última sexta-feira (25).

A data do pagamento que deve ser direcionado a 118 mil pessoas, no entanto, ainda não foi detalhada. De acordo com o governo, as secretarias estaduais da Educação (SEC), Administração (Saeb) e Fazenda (Sefaz) estão adotando os procedimentos necessários para realização do pagamento.

No primeiro ano dos pagamentos, em 2022, R$ 1,4 bilhão foram repassados aos mais de 87 mil beneficiários, conforme foi informado pelo governo estadual.

Conforme o projeto do pagamento dos precatórios aprovado na última semana, foi destinado 30% das verbas recebidas este ano (R$ 416 milhões) à criação do abono extraordinário que será distribuído, de forma igualitária, por carga horária, aos 82.907 professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual, incluindo servidores ativos, aposentados e profissionais contratados por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), independentemente destes trabalhadores terem atuado ou não no período de erro no repasse das verbas do Fundef.

O governo informou ainda que R$ 832 milhões (60% do montante ressarcido ao Estado este ano) serão destinados ao pagamento dos professores e coordenadores pedagógicos que atuaram na educação básica de janeiro de 1998 a dezembro de 2006.

Neste caso, o cálculo do abono será feito de modo proporcional à jornada de trabalho e ao período de efetivo exercício dentro deste intervalo de tempo. A quantia será direcionada para 87.289 pessoas, incluindo profissionais que já se desligaram do Estado e também herdeiros de servidores falecidos. Dentro deste total, os mais de 51 mil servidores que estavam em exercício na época dos repasses incompletos e permanecem no Estado – seja como ativos ou inativos – terão direito aos dois abonos.

Ainda sobre a distribuição dos precatórios, este ano, 90% do total dos recursos recebidos pelo Estado serão distribuídos a profissionais da educação básica. No ano passado, este percentual foi de 80%, com foco exclusivo nos profissionais que estavam na ativa durante o período de erro no pagamento do fundo.

g1 Bahia

Três são mortos e dois ficam feridos em ataques a tiros em cidades do interior da BA

Três pessoas foram mortas a tiros em Feira de Santana, a 100 km de Salvador, na tarde desta quinta-feira (24). De acordo com a Polícia Civil da cidade, os homicídios aconteceram em diferentes bairros e nenhum dos suspeitos foi preso.

O primeiro caso aconteceu no bairro Rua Nova e a vítima foi identificada como Neilton Santos Borges, de 37 anos.

O homem estava dento de um bar, bebendo na companhia de amigos, quando homens chegaram no estabelecimento e atiraram contra ele. Os suspeitos estavam em um carro preto e fugiram após o crime.

O segundo caso ocorreu no bairro Ponto Central. Samuel de Jesus Alves, de 18 anos, tentou fugir dos suspeitos, mas foi baleado. A polícia não informou se o caso trata-se de uma execução ou algum outro tipo de crime, como latrocínio, por exemplo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e confirmou a morte do jovem.

Segundo a polícia, a terceiro crime foi registrado no bairro Campo Limpo, mas ainda não há informações sobre a identidade da vítima, nem detalhes sobre o caso.

g1 Bahia

Professora de universidade na BA denuncia importunação sexual em voo e diz que homem se masturbou em poltrona

Uma professora baiana e mestra de capoeira da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), denunciou ter sido vítima de importunação sexual e relatou que um homem teria se masturbado em uma poltrona ao lado dela, durante um voo que saiu de Dubai, nos Emirados Árabes, em direção ao estado de São Paulo, neste mês de agosto.

Carolina Gusmão Magalhães, de 45 anos, divulgou o caso nas redes e ainda detalhou que ao contar a situação para um comissário de bordo e funcionário da Emirates, o homem não acreditou nela. O suspeito do crime não teve identidade revelada, mas Carolina afirma que ele é brasileiro.

Em conversa ao g1, Carolina Gusmão disse que a situação ocorreu no dia 8 de agosto, mas foi registrada na Polícia Civil do estado de São Paulo na segunda-feira (21), através da delegacia virtual, pois ela só teve coragem de denunciar formalmente após apoio de amigos. O Boletim de Ocorrência, conforme relatou, foi feito em São Paulo por ter sido o estado onde ocorreu o desembarque dos passageiros.

O g1 entrou em contato com a polícia de São Paulo, que informou quea ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal.

Carolina que é professora do curso de nutrição na UFRB e mestra da cultura popular, estava em um voo de conxeção em Dubai porque voltava de uma missão oficial do lançamento de um livro de contos infantis no Japão.

No momento em que a importunação teria ocorrido, as luzes da aeronave ainda estavam acesas e crianças estavam próximas a poltrona do homem que Carolina denunciou.

A vítima reforçou que além da falta de apoio dos funcionários da Emirates, em certos momentos eles estariam duvidando da denúncia. Em seguida, o responsável pela aeronave trocou o passageiro de lugar e pediu para que a professora se afastasse do homem caso o visse. Carolina afirma ainda que foi orientada a desviar o caminho ou olhar, caso encontrasse o homem durante as oito horas restantes de voo.

A professora alega que tentou entrar em contato com a empresa para denunciar o crime sexual e que registrou a reclamação no site, mas não obteve retorno. Ela ressaltou que quer retratação da empresa Emirates.

"Meu maior objetivo com essa exposição é conseguir dar um exemplo as minhas filhas que estão crescendo nesse mundo", disse Carolina.

g1 Bahia

Projeto dos precatórios é aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia sem juros

O projeto referente ao pagamento do Fundo de Desenvolvimento da Educação Fundamental (Fundef) foi aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em Salvador. As votações começaram na noite de quinta-feira (24) e só foram finalizadas na madrugada de sexta (25).

O projeto foi aprovado com a maioria dos votos. A emenda que apresentou mais cedo prevendo o pagamento da dívida com os juros aos educadores foi rejeitada pelo relator, o deputado governista Vitor Bonfim (PV).

Participaram da sessão, considerada "acalorada" pela Alba, 54 deputados estaduais. O projeto teve o voto contrário da bancada de oposição e do PSOL.

Segundo a Alba, o abono, que tem caráter indenizatório e sem incorporação na remuneração, na aposentadoria e na pensão dos favorecidos, decorre de complementação do Fundef.

“A Alba aprovou, na madrugada de hoje, dois relevantes projetos para a Bahia e para a categoria do Magistério. Foi uma sessão tensa, pela própria natureza da Casa, em ser lugar do diálogo, mas também do debate, quando fez-se valer a vontade da maioria, prevalecendo a democracia. Há de se relevar que o governador Jerônimo Rodrigues ampliou para toda a categoria das professoras e professores os recursos oriundos dos precatórios”, comentou o presidente da Casa Legislativa, Adolfo Menezes.

Na sessão extraordinária, também foi aprovado um Projeto de Lei que autoriza o Governo da Bahia a contratar um empréstimo, junto à Caixa Econômica Federal, no limite de R$ 400 milhões, com a garantia da União, destinados na aplicação de projetos nas áreas de mobilidade e infraestrutura urbanas e infraestrutura viária.

Os professores da rede estadual de ensino paralisaram as atividades há uma semana, como forma de cobrar o acréscimo de juros e a correção monetária no pagamento dos precatórios.

O benefício faz referência aos valores que deixaram de ser repassados pelo Governo Federal para os estados e municípios, entre 1998 e 2006. Quem ocupava cargos públicos na Bahia neste período, tem direito a receber o valor.

O projeto votado pelos deputados estaduais durante a madrugada não aborda as cobranças feitas pelos profissionais. Em nota, o estado informou que segue o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF).

g1 Bahia

Seis pessoas são presas e 14 mandados de busca e apreensão são cumpridos em operação no extremo sul da Bahia

Seis pessoas foram presas e 14 mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta quarta-feira (23), na cidade de Santa Cruz Cabrália, no extremo sul da Bahia.

Segundo a Polícia Civil, as ações fazem parte da Operação Cruzeiro, deflagrada pela 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin / Eunápolis), do Departamento de Polícia do Interior (Depin).

Os mandados cumpridos por policiais civis e militares são decorrentes das investigações sobre os homicídios do indígena Dennis Kawhã Santos da Cruz, de 16 anos, ocorrido em julho deste ano e de Leizo Udson dos Santos, de 42, no dia 1º de agosto.

De acordo com a polícia, o objetivo da operação é retirar do convívio social, envolvidos com o tráfico de drogas, homicídios e associação criminosa.

A Operação Cruzeiro tem a participação de equipes das Coorpins de Itapetinga e Teixeira de Freitas, da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Depin), da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), do Departamento de Polícia Técnica (DPT), além da Polícia Militar, por meio do Grupamento Aéreo (Graer), do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), da Rondesp-Sul, Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Mata Atlântica) e Companhia Independente de Policiamento de Proteção Ambiental (Cippa).

Os seis presos serão encaminhamos para realização de exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT) e em seguida para o presidio.

g1 Bahia

Um mês após menino de 10 anos ser baleado em ação policial na BA, prorrogação na investigação do caso é solicitada pela Polícia Civil

Um mês após o menino Gabriel Silva da Conceição Júnior, de 10 anos, ser baleado durante uma ação policial em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, a Polícia Civil pediu ao Ministério Publico da Bahia (MP-BA) a prorrogação para o término da apuração do caso.

A criança foi baleada na tarde de 23 de julho e morreu horas depois, em 24 de julho. Até esta quarta-feira (23), ninguém foi preso.

No momento em que foi baleado, Gabriel brincava na porta da casa onde vivia, no bairro de Portão. A mãe dele, Samile Costa, contou que o filho queria andar de bicicleta, mas ela pediu que ele ficasse na porta de casa, para poder observá-lo.

O menino foi baleado por volta das 16h e levado para o Hospital Menandro Faria, também em Lauro de Freitas. Na porta da unidade, familiares e vizinhos aguardaram por notícias durante horas.

Na madrugada do dia seguinte, a morte de Gabriel foi confirmada pelo hospital.

No dia 24 de julho, dia em que a morte de Gabriel foi confirmada, familiares e amigos do menino protestaram em Lauro de Freitas e bloquearam os dois sentidos da Estrada do Coco, uma das principais vidas do município, por cerca de três horas.

No mesmo dia, o governador da Bahia, jerônimo Rodrigues, lamentou a morte da criança através das redes sociais e e disse que as investigações estão sendo encaminhadas com "prioridade".

No dia 25 de julho, o secretário de Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, se reuniu com a mãe, a tia e a avó de Gabriel para tratar do caso.

g1 Bahia

Quase 3 mil baianos esperam na fila de transplante de órgãos, aponta Sesab

Quase 3 mil pessoas estão na fila de transplantes de órgãos na Bahia, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). os dados são referentes ao período entre janeiro e julho deste ano. As 2.871 pessoas aguardam doações de rins, córneas e fígados para voltarem a viver de forma saudável.

Segundo a secretaria, a maior espera é referente ao transplante de rins, com 1.597 de pessoas na fila. Mais 1.252 aguardam o transplante de córnea e, 22, de fígado.

Com apenas 5% dos rins em funcionamento, o pedreiro Silvanio Melo da Silva é um dos pacientes que aguarda pela doação. Atualmente, ele precisa fazer três sessões de hemodiálise por semana, que duram quatro horas cada.

Por causa da doença, Silvanio não consegue mais trabalhar. Além disso, o mau funcionamento dos rins o obriga a tomar 25 comprimidos por dia e ter diversas restrições alimentares. Carne, por exemplo, é um alimento que ele só pode comer uma vez por mês.

Assim como os outros pacientes, não há uma previsão para que Sivanio receba o órgão. As doações dependem do grau de urgência do paciente, da disponibilidade do órgão e da compatibilidade do órgão.

Quando os pré-requisitos são cumpridos, o paciente está apto a receber o transplante. De acordo com a Sesab, 587 transplantes foram realizados neste ano.

Entre eles estão: 311 de córneas, 172 de rins, 83 de medulas e 21 de fígado, totalizando 587 transplantes.

Já o Ministério da Saúde divulga outros dados. De acordo com o órgão, foram feitos 541 transplantes entre janeiro e julho deste ano. Além disso, o órgão contabiliza 3.262 pessoas na fila de espera para transplante de rins, fígado e córneas.

Sobre a diferença dos números, o MS afirma que contabiliza não só as pessoas que aguardam transplantes na Bahia, mas também os baianos que aguardam as doações em outras cidades.

g1 Bahia

Baixa Grande promove a 1ª Feira Empreendedora das Escolas do Campo em parceria com FAEB/SENAR e Sindicatos

A Prefeitura Municipal de Baixa Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação e em parceria com o SISTEMA FAEB/ SENAR e SINDICATOS (Dos Produtores e dos Trabalhadores e Trabalhadora Rurais), MOC/UEFS, Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, promoveu nesta quinta-feira mais uma edição da 1ª FEIRA EMPREENDEDORA DAS ESCOLAS DO CAMPO. Desta vez o evento foi realizado no Colégio Municipal de Lagoa do Mamão (povoado de Lagoa do Mamão) e contou com a participação da comunidade escolar local e da região, alunos, funcionários da escola, professores, direção, coordenação Municipal do Programa Despertar, Secretária Municipal de Educação, e Secretária Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e de uma Técnica Agrícola e contou também com a participação de um representante do STTR e visitantes que vieram prestigiar o evento. O objetivo das Feiras Empreendedoras é promover a inspiração nos nossos estudantes no intuito de estimular o empreendedorismo.

ASCOM - Prefeitura Municipal de Baixa Grande.

Governo - Competência, Trabalho e Desenvolvimento!

Governador repercute Monitor da Violência, reconhece inteligência de grupos criminosos, mas diz que 'a Bahia não vai ficar refém'

O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, repercutiu os dados divulgados pelo Monitor da Violência do g1, nesta quinta-feira (17). O índice nacional apontou uma queda de 4,4% nos assassinatos no estado que, apesar disso, segue líder em mortes violentas no país.

Jerônimo Rodrigues reconheceu que os grupos criminosos agem com inteligência, mas celebrou a diminuição dos assassinatos e afirmou que as forças policiais da Bahia estão atuando para que o estado não fique refém da criminalidade.

O governador revelou que conversou com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, e pediu apoio financeiro para viaturas e as câmeras corporais que deverão ser acopladas nas fardas dos policiais militares.

Jerônimo disse ainda que o governo do estado também quer diminuir mortes em ações policiais, já que o Anuário da Segurança Pública apontou que a Bahia com a maior letalidade no país inteiro.

O Monitor da Violência leva em consideração homicídios dolosos (quando o assassinato é intencional), feminicídios (quando as vítimas são mortas na condição de mulheres), latrocínios (quando a vítima é assassinada para que o roubo seja concluído) e lesões corporais seguidas de morte.

O percentual de queda deste primeiro semestre na Bahia é superior ao nacional, de 3,4%, e foi calculado a partir de comparação com o mesmo período de 2022, quando o estado registrou 2.630 mortes provocadas pelos crimes violentos letais intencionais. Neste ano foram 115 mortos a menos: 2.515.

Para enfrentar os grupos criminosos, a SSP-BA lançou uma força integrada junto com a Polícia Federal, em agosto. Policiais federais, civis, militares vão trabalhar com peritos técnicos e bombeiros, para identificar e prender membros do crime organizado.

G1 Bahia

Acidentes deixam mortos no interior da BA; em um dos casos carro bateu de frente com caminhão

Duas pessoas morreram em diferentes acidentes nesta quinta-feira (17), em duas regiões da Bahia.

Em um dos casos, o motorista de um carro perdeu o controle da direção e bateu de frente com um caminhão na BA-026, no trecho da cidade de Contendas do Sincorá, no sudoeste da Bahia. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista morreu no local.

Com a batida, o caminhão acabou tombando. O veículo de passeio ficou destruído.

Ainda não há detalhes do que ocorreu para que o motorista do veículo tivesse perdido o controle da direção.

Já o outro acidente aconteceu na BA-827, na altura do povoado de Passagem Funda, em Barreiras, no oeste do estado. Na ocasião, um homem também morreu.

Segundo testemunhas relataram a PRE, o motociclista trafegava na rodovia sentido Barreiras, e ao chegar próximo à ponte do povoado tentou desviar de um caminhão, perdeu o controle da direção e bateu na cerca de uma propriedade rural, às margens da rodovia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) deBarreiras foi ao local e constatou o óbito do motociclista. Outra pessoa que seguia na moto, como carona, apresentou lesões leves e foi encaminhada para a unidade de saúde.

g1 Bahia

Justiça determina que Governo da BA garanta terapias para crianças com Transtorno do Espectro Autista

Imagem ILUSTRATIVA

 

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou que o Governo Estadual custei e garanta terapias multidisciplinares para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A decisão foi emitida na quarta-feira (16), depois que mães das crianças entraram com uma ação na Justiça por não conseguir o tratamento gratuito. O TJ-BA deu um prazo de 30 dias para o cumprimento da medida.

A decisão cabe recurso. O g1 pediu um posicionamento do Governo do Estado e aguarda retorno.

De acordo com dados obtidos pela Defensoria Pública do Estado (DPE), só em Salvador mais de 2 mil crianças e adolescentes estão na fila em busca dos tratamentos que são importantes para o desenvolvimento da fala, socialização e coordenação motora, por exemplo.

A ação conjunta começou a ser elaborada no primeiro trimestre deste ano, depois que a fotógrafa e ativista Tatiane Souza da Costa recebeu diversas negativas para as terapias do filho de quatro anos, diagnosticado com TEA.

Cansada dos "nãos", ela e uma amiga, que também é mãe de criança com TEA, resolveram abrir ações individuais na Justiça.

Com a entrada da DPE, as mães passaram a contatar outros responsáveis por crianças com TEA que lidavam com o mesmo problema: a lista de espera enorme das terapias. O objetivo era fazer o processo ganhar força.

Após alguns meses, elas conseguiram reunir 40 mães, que entraram com a ação conjunta contra o Estado.

Na decisão emitida pela Justiça, o Governo da Bahia será obrigado a garantir e custear o acesso, seja na rede pública ou privada, ao tratamento multidisciplinar. Esse tratamento deve ser contínuo, em cumprimento ao protocolo TEA e com suportes aos que estão cadastrados nas unidades e em listas de espera.

Além disso, o não cumprimento da medida pode acarretar no pagamento de uma multa entre R$ 1 mil e R$ 10 mil.

Para Tatiane, a decisão dá esperança para as famílias que não podem arcar com as terapias da rede privada.

Segundo o Centro de Referência Estadual para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (CRE-TEA), o TEA é uma condição neurobiológica que afeta o desenvolvimento e o funcionamento social, comunicativo e comportamental.

G1 Bahia

Atualização sobre o Cemitério Municipal de Baixa Grande: Compromisso com a Comunidade

Prezados Munícipes de Baixa Grande,

Eu, José Carlos, conhecido como Zé de Gracindo, gestor da pasta de obras e infraestrutura do município de Baixa Grande, venho a público para compartilhar informações importantes sobre a recente situação no cemitério municipal. Entendemos a importância desse espaço para a nossa comunidade e estamos comprometidos em resolver as questões que enfrentamos.

Reconhecemos que a perda de um ente querido é um momento doloroso e difícil para todos. Gostaria de expressar minhas sinceras desculpas aos familiares e à população pelo constrangimento causado pela situação recente.

É nosso dever atender às necessidades da comunidade da melhor maneira possível, e estamos cientes dos desafios que o cemitério municipal enfrenta há anos. Estamos atualmente em fase final das obras do novo cemitério, um projeto que visa solucionar essas questões e proporcionar um local digno para as despedidas finais.

Compreendemos o desconforto causado pela situação recente e reafirmamos nosso compromisso em garantir que cada sepultamento seja realizado com respeito e dignidade. Estamos à disposição para colaborar e garantir que tudo seja feito da maneira mais apropriada possível.

Gostaria de expressar minha gratidão pela compreensão e cooperação daqueles que ajudaram a resolver a situação. A união e solidariedade da nossa comunidade são fundamentais para superarmos desafios.

Em nome de toda a equipe responsável, reafirmo nosso compromisso em continuar trabalhando incansavelmente para oferecer um ambiente adequado e respeitoso no novo cemitério de Baixa Grande.

Que Deus abençoe a todos e nos inspire a continuar buscando o melhor para nossa querida cidade.

O prefeito já agendou uma audiência com a empresa responsável pela edificação do novo cemitério para discutir a finalização do projeto de maneira premente e inadiável.

Continuamos dedicados a servir à nossa comunidade da melhor maneira possível e a enfrentar os desafios juntos.

Atenciosamente,

José Carlos (Zé de Gracindo)
Gestor de Obras e Infraestrutura de Baixa Grande

Veja o vídeo abaixo:


Cachorro que vivia nas ruas ganha cortejo fúnebre no recôncavo da Bahia

A morte de um cachorro causou uma grande comoção na cidade de Cruz das Almas, no recôncavo da Bahia. Conhecido como "Gordo", o animal vivia nas ruas e era amado pela população.

Para marcar a despedida e homenagear o animal, moradores do município organizaram um cortejo fúnebre e um sepultamento para ele, com direito a caixão, flores e camisa com foto dele, na quarta-feira (9).

Segundo um perfil criado no Instagram para o cachorro, Gordo foi diagnosticado com insuficiência renal. Ele chegou a ficar internado alguns dias no Hospital Veterinário da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), que funciona na cidade, mas não resistiu.

 

O animal morreu na terça-feira (8). Em um vídeo postado na rede social, a cuidadora de animais Karina Brito, que estava responsável por Gordo, deu a notícia.

Em um triste relato, Karina contou que Gordo tinha virado uma "estrelinha" e anunciou que iria viabilizar as cerimônias em homenagem a ele, enquanto chorava.

Horas depois, a cuidadora de animais confirmou o sepultamento e convocou os seguidores.

"Já fui lá me despedir do Gordinho. Ele teve dignidade. Eu estou aqui correndo atrás. Já está tudo certo para nós fazermos o cortejo fúnebre, porque ele merece e ele vai ter. Ele vai ter caixãozinho", contou a cuidadora de animais.

Nas redes sociais, as mensagens de luto pela morte de Gordo se acumularam. Várias pessoas postaram mensagem lamentando a perda do animal.

O enterro do cachorro foi realizado em um sítio, na zona rural da cidade. Com a presença de amigos e a cuidadora de animais, o cortejo passou por alguns lugares da cidade, até chegar ao local onde Gordo foi enterrado.

g1 Bahia

Testes das câmeras de segurança no fardamento de policiais em serviço na Bahia devem ser iniciados em até 10 dias

Os testes das câmeras de segurança no fardamento de policiais em serviço na Bahia devem ser iniciados em até 10 dias. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança Pública o estado, Marcelo Werner, durante a entrega de novas viaturas, na quarta-feira (9), em Salvador.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), nos dias 18 e 21 de agosto, o órgão realizará a prova de conceito das bodycams, como os aparelhos são chamados, apresentadas pela empresa que foi classificada na licitação.

Os pontos avaliados, de acordo com a SSP-BA, serão: qualidade das imagens e dos áudios captados durante atividades preventivas e ostensivas, autonomia da bateria, resistência, transmissão e armazenamento de imagens.

No caso do equipamento atender a todos os requisitos exigidos no processo licitatório, o contrato será assinado e a empresa, no prazo de 60 dias, deverá apresentar as primeiras 1.000 câmeras;
Em seguida, no prazo de um ano, mais 2.200 bodycams serão entregues, totalizando 3.200 unidades.

g1 Bahia

Operação contra grupo suspeito de homicídios, tráfico de drogas, roubo e extorsão prende oito pessoas em Salvador; líder do grupo morreu após confronto

Oito pessoas foram presas e uma morreu nas primeiras horas desta quarta-feira (9), em Salvador e cidades vizinhas, durante a “Operação Murus”, que investiga um grupo suspeito de homicídios, tráfico de drogas, roubo e extorsão em Salvador e na região metropolitana da capital baiana.

Segundo a Polícia Civil, o homem que morreu foi identificado como Cristiano Silva dos Santos, conhecido como "Cris do Murão". Considerado chefe do grupo, ele foi preso em abril do ano passado por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas havia saído da prisão. O confronto ocorreu em Salinas da Margarida, no recôncavo da Bahia

"Cris do Murão" era suspeito de mais de oito homicídios na região do IAPI, em Salvador. A polícia informou que com ele foi apreendido uma pistola turca, calibre 9mm, e um veículo.

A "Operação Murus" conta com a atuação de mais de 200 policiais civis e militares. Além das equipes do DHPP, policiais do Departamento Especializado de Investigações Criminais (DEIC) e da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), realizam as incursões, com o apoio do Departamento de Inteligência Policial (DIP).

Cães dos canis da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) auxiliam na detecção de drogas e armas.

Também participam da operação guarnições do Comando de Policiamento Especializado (CPE), do Comando de Operações Policiais Militares (COPPM), do Comando de Policiamento Regional da Capital, Baía de Todos os Santos (CPRC/BTS), do BPChoque, da Batalhão de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), da Rondesp BTS, do Comando de Operações de Inteligência (COInt), do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

g1 Bahia

Acusado de matar ex-esposa na frente das filhas é condenado a 16 anos de prisão em Ipirá na BA, diz advogado

O homem acusado de matar a ex-esposa, a cabelereira Alessandra Souza Rios, de 40 anos, na cidade de Ipirá, a cerca de 210 km de Salvador, foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado. O júri popular o acusado ocorreu nesta terça-feira (8). As informações são do advogado Matheus Biset, que representa a família da vítima.

O crime aconteceu em 17 de janeiro de 2022. Luiz Carlos da Silva, de 56 anos, atirou contra a cabelereira, que na ocasião voltava de uma vaquejada. As filhas gêmeas do casal, que estavam com a mãe, presenciaram o crime. Uma delas, inclusive, quase foi atingida pelos disparos.

pós matar a ex-esposa, Luiz Carlos foi preso em flagrante pela polícia e permaneceu preso até esta terça, dia do julgamento.

O juri popular aconteceu na cidade de Ipirá e durou cerca de 10h. Apesar da sentença de 16 anos, ele deverá cumprir 15 anos e oito meses, pois o tempo que esteve preso antes do juri será descontado da pena. O comportamento do réu dentro da prisão também poderá influenciar em alguma eventual diminuição de pena.

Segundo Matheus Biset, a família da cabelereira não aceitou a decisão e pretende recorrer.

g1 Bahia

Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão na Bahia contra suspeito de publicar conteúdos de pornografia infantil

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido, nesta terça-feira (8), contra um suspeito de publicar conteúdos de pornografia infantil em grupos de redes sociais, na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador.

Segundo a Polícia Federal, o mandado foi expedido pela 2ª Vara Federal da Seção Judiciária de Feira de Santana após investigação sobre armazenamento e disponibilização de conteúdo contendo pornografia infanto-juvenil pela internet.

A investigação detectou o usuário de um perfil que teria publicado arquivos de imagem e vídeo com cena de sexo explícito e pornográfico envolvendo crianças. A Polícia Federal buscava identificar o paradeiro do investigado em São Paulo, mas descobriu que o alvo tinha se mudado para Feira de Santana.

O celular do suspeito foi apreendido e será submetido à perícia. O investigado pode pegar uma pena de até 10 anos de reclusão.

g1 Bahia

Informações Adicionais