Mulher acusada de pagar R$ 22 mil para primo matar marido é condenada a 26 de prisão na BA

Uma mulher acusada de encomendar a morte do marido em Valença, no baixo sul da Bahia, foi condenada a 26 anos de prisão pela Justiça na terça-feira (13). O crime aconteceu em setembro de 2019 e, segundo o Ministério Público da Bahia (MP-BA), foi motivado por um relacionamento extraconjugal da mandante.

Ainda conforme foi informado pelo MP-BA, Mariele de Jesus Santos queria terminar o casamento e ficar com todos os bens do marido, Liel de Jesus dos Santos. Ela pagou R$ 22 mil ao primo, Constantino Pereira Filho, para executar o crime. A mulher está presa desde 2019 e o seu primo desde 2020.

Constantino e outras duas pessoas, que ainda não foram identificadas, sequestraram o empresário e o mataram a facadas. Na audiência de terça-feira, Constantino também foi condenado pela Justiça a 35 anos de prisão por homicídio qualificado, com os agravantes de promessa de recompensa, meio cruel, emboscada e ocultação de cadáver.

Já Mariela foi condenada por homicídio qualificado por motivo torpe, cruel e dissimulação, além de ocultação de cadáver. Ela também foi condenada a seis meses de detenção pelo crime de fraude processual e 20 dias de multa por dificultar a investigação da polícia.

Relembre o caso

Mariele planejou a morte do marido após ele ter negado um pedido de separação. Ela teria simulado uma doença e pedido para Liel buscar folhas para chá no quintal, quando Constantino e os outros dois envolvidos teriam obrigado o empresário a entrar em um carro.

Liel desapareceu em 9 de setembro e Mariele foi presa quatro dias depois. O corpo do homem foi encontrado no final de outubro, mais de um mês após o crime, em uma fazenda da zona rural de Tancredo Neves, também no baixo sul da Bahia.

g1 Bahia

Baiana é assassinada a tiros pelo ex-marido na porta de casa em São Paulo

Uma mulher foi morta a tiros na tarde desta terça-feira (13), em Diadema, São Paulo. Identificada como Isnaia Araújo, a mulher era natural de Ipiaú, sudoeste da Bahia, mas morava na capital paulista com os filhos.

Ela foi assassinada na rua Guarapinga, por volta das 13h, quando voltava para casa após deixar uma das filhas na escola. De acordo com o site Giro Ipiaú, o principal suspeito é o ex-companheiro da vítima, Irailton Gomes.

Ele teria feito os disparos próximo ao novo endereço da ex-mulher - onde ela teria se instalado para ficar longe do ex-parceiro. Após assassinar a baiana, ele tirou a própria vida no mesmo local.

O pai e outros familiares de Isnaia ainda residem em Ipiaú. A vítima deixa cinco filhos, sendo dois deles com Irailton. Não há informações sobre o local do sepultamento.

Fonte: Correio

Médicas denunciam supostas fraudes em exames médicos na BA

Segundo as médicas, a empresa contrata profissionais terceirizados para fazerem análises, à distância, em exames de imagem. Os médicos se cadastram no sistema e podem fazer os laudos em suas casas, com os respectivos computadores.

No caso das médicas que denunciaram as fraudes, uma delas trabalhou na plataforma durante 15 dias e depois parou te fazer os laudos por falta de tempo. A segunda profissional se cadastrou, mas nunca analisou nenhum exame.

Segundo o advogado que representa as médicas, o Hospital Santo Amaro, que solicitou e recebeu os laudos assinados irregularmente pelas profissionais foi avisado assim que a fraude foi descoberta.

O hospital informou que, até a apuração dos fatos, suspendeu o contrato com a empresa. Ainda conforme a unidade de saúde, os laudos gerados com as assinaturas fraudadas foram confirmados por outro profissional especializada e estavam corretos.

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) disse que foi procurado por três profissionais no final do mês de maio e que realizou uma fiscalização preliminar. O conselho ainda informou que a empresa foi notificada por não ter registro no conselho responsável técnico.

g1 Bahia

Cachorro é espancado a pauladas em praça na Bahia; animal foi atingido com pelo menos 8 golpes

Um cachorro ficou gravemente ferido após ser espancado com pelo menos oito pauladas na praça JJ Seabra, em Itaberaba, na região na Chapada Diamantina, na Bahia. O crime aconteceu na noite de terça (13) e foi registrado na delegacia nesta quarta-feira (14) e será investigado pela Polícia Civil. Ninguém foi preso.

A prefeitura da cidade confirmou a morte do cachorro, apelidado de Duke, através de uma nota de repúdio publicada em uma rede social. Contudo, na tarde desta quarta-feira, a veterinária Anne Raphaelle Flick afirmou que o animal foi encontrado com vida e resgatado por volta das 15h. Ele foi levado para a clínica ProBicho, onde está internado em estado grave.

As agressões foram filmadas por uma câmera de segurança. O vídeo mostra que o suspeito foi até a praça com um pedaço de pau e se aproximou do cachorro. Após dar o primeiro golpe, o animal tentou fugir, mas o homem foi atrás dele.

O cachorro foi agredido diversas vezes e ficou caído no chão. Mesmo após o animal parar de se mexer, o suspeito continuou as agressões. Depois, saiu caminhando normalmente pela praça.

Segundo a veterinária Anne Raphaelle Flick, os moradores da cidade acharam que o cachorro havia morrido, porque após as agressões sofridas na noite de terça, ele desapareceu. O animal só foi encontrado mais de 10 horas depois, no centro da cidade. Ele estava bastante debilitado e com muitos machucados na região da cabeça.

O diretor administrativo do Consórcio Interfederativo de Saúde da Região de Itaberaba e Seabra, Léo Vieira, fez o resgate do cachorro junto com Marcos Guedes, diretor da ONG Cão Rua. Juntos, eles levaram o cachorro para a ProBicho.

Segundo Léo, os moradores da cidade dizem que o suspeito teria espancado o cachorro após ter sido mordido por ele. Além disso, o suspeito também teria afirmado que o animal mordeu o filho dele dias atrás.

A polícia não confirmou o nome do suspeito, porém moradores de Itaberaba afirmaram que ele é funcionário de uma pizzaria que também fica na Praça JJ Seabra, onde ocorreu o crime.

O estabelecimento é a Oba Oba Pizzaria e Pastelaria. Os responsáveis pela empresa se pronunciaram por meio de uma rede social e afirmou que o homem é um funcionário terceirizado, que foi afastado do trabalho. O g1 tentou entrar em contato com o estabelecimento, mas não conseguiu até a publicação desta matéria.

g1 Bahia

Mais de 40 pessoas são presas durante a 9ª fase de operação da Polícia Civil em várias cidades do interior da Bahia

Quarenta e quatro pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (15), em diversas cidades do interior da Bahia, na manhã desta quinta-feira (15), durante a 9ª fase da Operação Unum Corpus. Segundo a Polícia Civil, mais de 15 armas de fogo, entre revólveres, pistolas e armas longas, além de 252 quilos de entorpecentes, foram apreendidos.

As pessoas são suspeitas de envolvimento com organizações criminosas, crimes contra a vida e o patrimônio, além do tráfico de drogas. De acordo com a polícia, a nova fase da operação tem o objetivo de promover a segurança das pessoas que vão participar dos festejos juninos nos municípios baianos.

Mais de mil policiais das 26 Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins) cumprem os mandados de prisão, de busca e apreensão, em centenas de municípios. O g1 questionou a quantidade de ordens, mas a assessoria da Polícia Civil informou que não informa nesta fase da operação.

A polícia detalhou que nesta fase da Unum Corpus, também é reforçado o combate à violência doméstica e familiar. Equipes das Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (Deams) e Núcleos Especializados de Atendimento à Mulher (Neans) intensificam as ações, desde cumprimentos medidas cautelares, até a checagem de informações em campo, através do Disque Denúncia (181), da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Além das ações operacionais, em colaboração com a Justiça, os policiais também cumprem medidas cautelares relacionadas ao descumprimento de pagamento de pensão alimentícia.

A Operação Unum Corpus, desde 2021, prendeu mais de 700 suspeitos de crimes através de mandados de prisão ou flagrante e apreendeu alguns adolescentes. Também foram cumpridos 1.005 mandados de busca e apreensão e mais de 100 quilos de drogas e 125 armas de fogo foram apreendidas.

g1 Bahia

Polícia Federal faz operação em Feira de Santana após investigação de contrabando de cigarros e medicamentos

A Polícia Federal (PF) cumpre sete mandados de busca e apreensão, além de bloqueio de valores em contas bancárias, na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador, na manhã desta quarta-feira (14), durante a Operação Rota Guarani.

A ação acontece após uma investigação de contrabando de cigarros e medicamentos oriundos do Paraguai, que eram vendidos na região de Feira de Santana.

A Polícia Federal começou a investigar o caso após a Polícia Civil de Feira de Santana apreender uma carga de cigarros e medicamentos contrabandeados na casa de um investigado e em um box da localidade conhecida como "Feiraguai".

Com a transferência da investigação para a Polícia Federal, foram identificados sete fornecedores de cigarros e medicamentos levados do Paraguai e que revendem os produtos em Feira de Santana e região. A maioria deles já possui antecedentes nesta modalidade de crime.

Os mandados cumpridos nesta quarta-feira foram expedidos pela 2ª Vara Federal da Seção Judiciária de Feira de Santana. Os investigados vão responder pelos crimes de contrabando e de falsificação de medicamentos.

g1 Bahia

Várzea da Roça: Homem é morto com requintes de crueldade; cabeça, braços e pernas são arrancados

O corpo de um homem de identidade ainda não informada foi encontrado na manhã desta terça-feira (13), nas imediações da localidade de Panha Água, zona rural de Várzea da Roça-BA.

Além de tirar a vida, o(s) autor(es), usaram com requintes de crueldades ao arrancar a cabeça, braços e pernas da vítima.

O fato vem causando grande repercussão em toda a região.

O caso será investigado pela Delgado de Polícia de Várzea da Roça.

Blog do Ril de Beto

Delegada da Polícia Civil da Bahia perde função pública, afirma MP

A delegada da Polícia Civil Maria Selma Pereira Lima, investigada por suspeita de envolvimento em esquema criminoso de furtos, roubos e clonagem de veículos em Salvador, teve a perda da função pública decretada pela Justiça, de acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (13) pelo Ministério Público da Bahia (MP).

Segundo o MP, Maria Selma foi condenada a oito anos de prisão e pagamento de multa pela prática dos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso, denunciação caluniosa, usurpação de função pública e fraude processual. O valor não foi divulgado.

Procurada pelo g1, Maria Selma Lima não atendeu as ligações.

De acordo com denúncia do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), do Ministério Público estadual, a delegada e outros três homens estariam envolvidos no esquema, que foi alvo da “Operação Dublê”, em 2020.

Ainda segundo o MP-BA, Maria Selma Lima usufruía dos privilégios do cargo e da influência que possuía na Polícia Civil para garantir a impunidade do grupo criminoso e facilitar a execução e vantagem dos crimes.

Em uma das ações, ela teria falsificado documentos de terceiros para realizar a devolução ilegal de um carro clonado apreendido pela polícia com membros da quadrilha. A delegada também teria colocado uma pessoa ligada ao grupo criminoso no ambiente da polícia para auxiliá-la como se fosse policial e desta forma a ajudava com o esquema.

O MP informou que, além de Maria Selma Lima, a Justiça condenou outro envolvido a 15 anos e dois meses de prisão, pelos crimes de furto, corrupção ativa, denunciação caluniosa, posse ilegal de arma de fogo, falsificação de documento público, falsidade ideológica e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Um terceiro envolvido foi condenado a prestação de serviços à comunidade e limitação de final de semana, pelo crime de usurpação de função pública.

g1 Bahia

Homem é preso suspeito de estuprar enteada de 13 anos na Bahia

Um homem foi preso, nesta terça-feira (13), suspeito de estuprar a enteada de 13 anos, em Barra do Jacuípe, na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. O caso aconteceu em 2017 no interior de uma residência.

Policiais da Delegacia Especial de Atendimento á Mulher de Camaçari (Deam) se deslocaram até o endereço do suspeito e o localizaram. O homem teve mandado de prisão cumprido por estupro de vulnerável.

Em nota, a Polícia Civil informou não divulgará mais informações em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente.

g1Bahia

Polícia cumpre 383 mandados judiciais em 22 estados e no DF contra organização criminosa suspeita de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul cumpre 383 mandados de busca e apreensão, na manhã desta quarta-feira (7), em 22 estados brasileiros, além do Distrito Federal, contra uma organização criminosa investigada por lavagem de dinheiro obtido com o tráfico de drogas.

Na lista de bens que serão apreendidos estão: 187 veículos, sete embarcações e nove aeronaves, o que soma R$ 43 milhões. Quatro mandados de prisão preventiva estão sendo cumpridos no Mato Grosso do Sul. A polícia ainda averigua a situação de 42 imóveis usados pelo grupo criminoso.

A Operação "Fim da Linha – do Oiapoque ao Chuí" é a quarta etapa de uma investigação iniciada ainda em 2021 e conta com o apoio de 1,3 mil policiais.

No Rio Grande do Sul, os municípios de Barra do Quaraí (13 mandados) e de Uruguaiana (6 mandados), ambos localizados na fronteira com a Argentina, são os locais com o maior número de ações judiciais a serem cumpridas.

Na região, de acordo com a Polícia Civil, o principal alvo é uma rede de supermercados suspeita de envolvimento com a lavagem de dinheiro. A empresa teria recebido dinheiro de duas empresas e de uma pessoa física do Mato Grosso do Sul.

A investigação envolve suspeita de lavagem de dinheiro, que seria feita por organizações criminosas relacionadas ao tráfico de drogas não apenas no Rio Grande do Sul, mas também em outros estados, incluindo organizações com base na Região Sudeste.

+ no G1 Bahia

Polícia investiga feminicídio no interior da Bahia; vítima foi morta enquanto dormia

Uma mulher de 21 anos foi morta enquanto dormia, na cidade de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Sabrina Luiza Souza Bonfim.

Ainda segundo a polícia, há indícios da autoria do crime. A família da vítima diz que o suspeito é o companheiro de Sabrina.

O corpo da mulher foi encontrado em cima da cama, na casa onde morava na 1ª travessa Marieta Martins, no bairro Rádio Clube. Ela foi vítima de disparo de arma de fogo enquanto dormia. O tiro atingiu a cabeça da vítima.

g1 Bahia

Vereador aciona hospital contra médico que atendeu paciente de peruca após caso de homofobia na BA

O vereador Edvaldo Lima (MDB), de Feira de Santana, solicitou que o diretor do Hospital da Mulher dê explicações sobre o caso do médico que usou uma peruca para atender uma gestante na unidade. Para o político, que discursou na Câmara Municipal nesta terça (6), o profissional da saúde agiu contra a ética médica.

"A paciente não se sentiu segura e outro médico a atendeu de maneira que foi divulgada nas redes sociais. Isso vai contra a ética médica e é necessário respeitar o paciente", afirmou o vereador em postagem em uma rede social.

O caso aconteceu no último domingo (4), quando uma gestante reclamou por ter sido atendida por um médico gay e o colega do profissional decidiu finalizar a consulta da paciente usando peruca e maquiagem, como forma de protesto.

O requerimento do vereador foi protocolado na terça, na Câmara Municipal. O vereador disse ainda que é um direito do paciente pedir para não ser atendido por determinado profissional. Ele comparou a situação a sua preferência por se consultar com médicos do sexo masculino.

"Eu só vou ao médico masculino, mas entendo que há pessoas que preferem ser atendidas por mulheres. Entendo que é um direito sagrado do cidadão", escreveu.

Ainda segundo o vereador, a situação causou constrangimento na paciente. Em uma rede social, ele ainda disse que é preciso respeitar as orientações sexuais, mas "não se pode colocá-las 'goela abaixo' na vida dos outros".

De acordo com a Câmara Municipal, o pedido será votado nos próximos dias. Caso seja aprovado, o diretor do hospital deverá ir até a casa legislativa para dar explicações. O g1 procurou a direção do hospital para comentar o pedido do vereador, mas ainda não obteve resposta.

g1 Bahia

Médico denuncia homofobia de paciente em hospital: 'Disse que odiava ser atendida por homossexual'

Um médico do Hospital da Mulher de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, denuncia ter sido vítima de homofobia na unidade, no domingo (4). Após uma consulta, uma paciente teria dito que "odiava ser atendida por homossexual". O hospital confirmou a situação e manifestou apoio ao profissional.

O médico, identificado como Phelipe Balbi Martins, é ginecologista. Ele usou as redes sociais para explicar o caso. Ele contou que a paciente foi direcionada para outro médico, para que o atendimento fosse finalizado. Em protesto com a situação ocorrida com o colega, o médico Carlos Vinícius decidiu atender a mulher de peruca e batom.

"Agradeço ao meu amigo Dr. Carlos Vinícius Costa Lino pelo atendimento de peruca e batom para enfatizar que independente da orientação sexual o atendimento realizado é o mesmo", disse a vítima.

Carlos Vinícius, que também é ator, gravou um vídeo onde aparece maquiado logo antes de finalizar o atendimento da paciente. Ele considerou a situação de homofobia como "constrangedora".

"Vivendo e vendo situações constrangedoras onde a gente menos imagina. Todos nós sabemos que homofobia é crime, imagine desacatar um profissional que está exercendo seu trabalho de forma digna e humana", desabafou.

A paciente foi atendida pelo médico com os adereços e, após a consulta, ela teria dito que estava disposta a pedir desculpas pela atitude homofóbica que teve com o outro funcionário da unidade de saúde. No entanto, não foi informado se houve alguma retratação por parte da mulher.

O médico vítima de homofobia contou que registrou a situação na ouvidoria do hospital, e em seguida retornou para o plantão e trabalhou normalmente.

g1 Bahia

Pai acusa professor da APAE de Jacobina de agredir seu filho autista de 14 anos

Um professor de educação física da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Jacobina, está sendo acusado de agredir fisicamente um adolescente autista de 14 anos. As agressões teriam acontecido na última sexta-feira (2/6), na sede da APAE, no bairro da Estação.

A reportagem do Jacobina Notícias esteve na residência da família, na tarde deste domingo (4/6), e entrevistou Samuel Alencar dos Santos, 51 anos, pai do garoto que acusa o professor de tê-lo agredido com socos no rosto. A boca do adolescente apresenta lesões que, segundo os pais, foram causadas pelas agressões do educador. Confira a entrevista completa no final da matéria.

O JN procurou o professor suspeito de agredir o adolescente. Ele negou as acusações, disse que todos conhecem seu comportamento e que buscará a justiça para "tudo isso ser resolvido". A reportagem também entrou em contato com a direção da APAE, que informou ter emitido uma nota via redes sociais e que vai apurar o caso a partir desta segunda-feira (5/6).

Fonte: Jacobina Notícias

Homem é preso por suspeita de acariciar pernas de mulher e de criança em cinema na BA

Um homem de 38 anos foi preso em flagrante por suspeita de acariciar a perna de uma mulher e de sua filha de quatro anos em um cinema em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. O caso aconteceu no domingo (4) e, segundo a Polícia Civil, o homem responderá por importunação sexual.

Ainda conforme foi informado pela polícia, a mulher foi com a filha, o companheiro e o outro filho do casal assistir um filme em um shopping na Avenida Juracy Magalhães. Durante a sessão, ela se assustou ao sentir que alguém pegava em sua perna e usou a lanterna do celular para entender a situação.

O suspeito estava sentado na cadeira na frente da vítima, com as mãos para trás. A mulher chamou a segurança do shopping e a Polícia Militar para deter o homem.

Ele foi conduzido para o Distrito Integrado De Segurança Publica (Disep) de Vitória da Conquista e depois foi levado para o Conjunto Penal da cidade, onde segue à disposição da Justiça nesta segunda-feira (5).

g1 Bahia

Semana do Meio Ambiente é celebrada com a 3ª Trilha Ecológica de Baixa Grande

Criada mediante ao Decreto Federal nº 86.028, de 27 de maio de 1998, a Semana Nacional do Meio Ambiente é comemorada na primeira semana do mês de junho, quando no dia 5 se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Em Baixa Grande, cerca de 800 pessoas celebraram a data em uma caminhada por um percurso de 8 quilômetros, visitando postagens, matas, capoeiras, caatingas e plantações, foi a 3ª Trilha Ecológica de Baixa Grande.

Os participantes se encontraram na Praça Manoel Ribeiro Soares, em frente à Igreja Matriz, de lá saíram em caminhada passando para Bairro Alto Guinho, Morro Pelado, Inferno de Leleu e percorreram a Fazenda Santa Izabel, tendo como ponto de chegada, o campo da Pecuária.

Na fazenda Pecuária adquirida nos anos 80 através do Programa de Desenvolvimento de Comunidades Rurais – Prodecor, passaram por plantações de emoldem, feijão, mandiocas e até por roças com agricultores plantando feijão.

A Trilha Ecológica de Baixa Grande é promovida pelo Grupo Ecosertão, tendo como idealizador o empresário Robertinho, conhecido por Beto de Tico, 850 kits foram vendidos, os kits formados por blusa, bonés e uma garrafa para água.

Os participantes de todas as idades enfrentaram os desafios e a adrenalina em conhecer a ecologia de Baixa Grande, com 88 anos de idade, seu Muliquim que teve boa parte de sua vida como caçador, é conhecedor de todas as matas do município, sem dificuldade, ele participou da trilha e serviu como guia para mostrar aos demais participantes os nomes das plantas e as histórias contadas de cada mata.

Acompanhadas de seus pais, várias crianças também participaram da Trilha, uma boa experiência para Railane de 8 anos. Alice Sena disse que desejou um colo mais ninguém lhe ofereceu, “estava toda hora pedindo colo, mas ninguém quis me trazer, amei, e faria tudo de novo”.

Como marco da 3ª Trilha Ecológica de Baixa Grande, foram plantadas por crianças, 9 mudas de Pau-brasil em uma das laterais do campo da Pecuária, o evento foi finalizado com música ao vivo e cana a vontade.

www.catureba.com.br
Por: Ediomário Catureba – DRT 8484-BA

 

 

Radialista de Ipirá é homenageado pela Câmara de Vereadores de Baixa Grande

Depois de ter sido agraciado com um Título de Cidadão Baixa-grandense em 14/09/2007, o radialista Jorge Luiz Silva de Souza se sentiu mais uma vez honrado em receber na manhã desta sexta-feira (02/06) com uma Moção de Aplausos pelos relevantes serviços prestados a região como um dos membros da imprensa local.

A Moção foi outorgada pelos vereadores Nadja Nara Magalhães Miranda de Melo “Najinha”, Amós Júnior e Aloísio Queiroz e contou com o apoio dos demais pares do Legislativo Municipal.

“Quero compartilhar mais essa honraria com todos que transformaram principalmente o Caboronga Notícias como o grande patrimônio da comunicação ipiraense e da região” disse Jorge Luiz.

Fonte: Caboronga Notícias

 

Duas armas são encontradas em embalagens de encomendas na Bahia com ajuda de cadelas da polícia

Duas armas, cocaína, maconha, crack, ecstasy e haxixe foram apreendidos, na manhã desta terça-feira (30), em Salvador, durante mais uma fase da Operação Correios, no Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas, na BR-324, de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

A ação foi realizada por policiais da 1ª Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do canil da Coordenação de Operações Especiais (COE).

Segundo o titular da 1ª DTE, delegado Yves Correia, uma arma longa semi-automática, calibre 12 e uma pistola calibre 38 foram apreendidos em embalagens. Ele acredita que o material fosse usado para o tráfico de drogas.

Os remetentes e os destinatários das encomendas foram identificados e serão investigados. Durante as ações, as cadelas Jade, Laika e Sonic encontraram os entorpecentes embalados em forma de presente ou dentro de objetos, como garrafas térmicas, copos e brinquedos.

Todo o material apreendido será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), para ser periciado. A ação, segunda deste ano, faz parte de uma parceria contínua com a área de segurança da Empresa de Correios e Telégrafos.

g1 Bahia

Bebê é encontrado morto em vaso sanitário de hospital na Bahia; Polícia Civil investiga

Um bebê foi encontrado morto em um vaso sanitário do Hospital Municipal de Mata de São João, cidade que fica na Região Metropolitana de Salvador. O caso é investigado pela Polícia Civil.

O caso aconteceu na segunda-feira (29). Segundo a polícia, a mãe do bebê, que alegou não saber que estava grávida, chegou na unidade de saúde sentindo dores abdominais e pediu para ir ao banheiro, momento em que teve o feto, já formado.

O caso foi registrado na delegacia de Mata de São João. O corpo do bebê vai ser periciado para saber se já nasceu sem vida ou morreu afogado .

G1 Bahia

Homem é preso em flagrante suspeito de espancar a filha de 14 anos em Mairí-BA

Um homem foi preso nesta terça-feira (30) suspeito de espancar a filha de 14 anos em Mairi, no norte da Bahia. Segundo informações da Polícia Civil, a menina era espancada desde os quatro anos e tinha lesões pelo corpo.

O delegado Paulo Victor, responsável pela investigação, informou que membros do Conselho Tutelar relataram ter observado as lesões nas pernas da menor.

Conforme apontam as investigações, a vítima sofria as agressões do pai, as quais o suspeito dizia que era uma forma de "disciplina".

A mãe da adolescente também foi ouvida e as duas vão ser acolhidas pelos órgãos de proteção à mulher do município.

G1 Bahia

Informações Adicionais