Polícia Civil fecha fábrica clandestina que vendia produtos falsificados de limpeza para toda Bahia

Policiais Civis da 21ª Coorpin – Itapetinga, apreenderam na manhã de hoje segunda-feira (26), centenas de caixas de produtos de limpeza falsificados, de marcas conhecidas, além de vários tanques com produtos químicos que serviriam de matéria prima para fabricar água sanitária, desinfetante e amaciante de roupa. A fábrica clandestina funcionava na Travessa João Vitor Fagundes, bairro Vila Rosa.
O local que foi periciado pelo DPT, uma residência pertencente a Daniel de Jesus Santos, 31 anos, preso em flagrante e, também, na casa do seu pai Emanuel de Jesus Santos, conhecido como Manoel Correria.Ambos responderão pelo crime de falsificação. Os produtos apreendidos serão encaminhados à vigilância sanitária. //Informações: Marlon Araújo

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande