Bahia é o terceiro estado do país com mais registros de exploração do trabalho infantil

Imagem Ilustrativa

A Bahia é o terceiro estado com maior número de registros de exploração do trabalho infantil do país, segundo informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com informações do IBGE, 250 mil crianças foram exploradas na Bahia. O estado só fica atrás de São Paulo e Minas Gerais.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) organizou uma ação nesta quarta-feira (12), dia mundial de combate ao trabalho infantil, para orientar feirantes e comerciantes na Feira de São Joaquim.

A secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Infância e Juventude contou que existe um desafio em diminuir casos de trabalho infantil no período de festas comemorativas.

Segundo Antônio Inocêncio, presidente do Fórum Estadual de Combate ao Trabalho Infantil, a exploração infantil pode trazer problemas físicos e psicológicos para as crianças.

g1ba

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande