Idosa leva soco no rosto após discutir com vendedor por dívida de R$ 40 na Bahia

Uma idosa de 66 anos foi agredida com um soco no rosto, na porta da casa dela, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, após discutir com um vendedor ambulante por conta de uma dívida de R$ 40. O caso aconteceu na tarde da quinta-feira (15).

De acordo com a nora da vítima, que preferiu não se identificar, a idosa devia R$ 240 ao homem pela compra de um conjunto de cadeiras plásticas, e, ao ser cobrada, não teve o valor total da dívida e tentou negociar.

Segundo a mulher, a idosa ofereceu R$ 200 ao vendedor e pediu para que ele cobrasse os R$ 40 restantes em um outro momento, mas foi agredida pelo homem.

"Ele [agressor] não veio buscar o dinheiro em dezembro e nem em janeiro, por conta do período de festa. Daí nesse mês ele começou a cobrar, só que ela [vítima] é aposentada e não tinha mais o dinheiro. Pediu os R$ 200 emprestado para dar a ele", contou a nora da vítima.

A idosa foi atingida no olho esquerdo e caiu no chão, em frente à casa dela. Após a agressão, o suspeito fugiu do local na motocicleta que usa para trabalhar.

Conforme a nora da idosa, a vítima foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luís Eduardo Magalhães, onde passou por exames e foi medicada. A idosa ficou com o olho roxo.

"Ela foi medicada na UPA, mas está abalada, assustada com tudo. Procuramos uma psicóloga para ajudar ela", relatou a mulher.

Ainda de acordo com a nora da vítima, a família procurou a delegacia da cidade nesta sexta-feira (16) para registrar o crime.

O G1 tentou tentou falar com a Polícia Civil do município, mas não conseguiu contato até a publicação desta reportagem.

[G1 BA]

www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande