Estudante de fisioterapia é presa suspeita de tráfico de drogas em Salvador

 

A estudante de fisioterapia Marília Batista Matos, de 28 anos, foi presa na terça-feira (15), suspeita de tráfico de drogas, segundo a Polícia Civil. Ela havia trancado a matrícula em uma faculdade particular da capital baiana.

Segundo a Polícia Civil, em depoimento ao delegado Luís Cláudio Assis, da 28ª Delegacia Territorial (DT), ela disse que teve de trancar a faculdade para poder se sustentar e vender drogas foi uma opção encontrada por ela. A suspeita ainda afirmou que nunca levou drogas na faculdade.

Ela disse estar ligada a uma quadrilha que atua no Nordeste de Amaralina e que vendia a droga na rua onde foi presa e em sua casa, onde também foi encontrado um caderno contendo toda a contabilidade do seu negócio. Marília será encaminhada à audiência de custódia.

Com ela, foi encontrada 200 gramas de cocaína e outros 10 pinos cheios da droga, 400 gramas de crack, 151 trouxinhas de maconha, 183 pinos vazios e a quantia de R$ 313.

As equipes da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar chegaram até o ponto de tráfico de drogas após denúncia apurada pelo setor de inteligência da companhia.
[G1BA]

www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande