Na Chapada Diamantina a mata só se recuperará daqui a 15 anos

O incêndio que aconteceu na Chapada Diamantina, na Bahia, não se trata de um desastre que chega ao fim com o apagar da última chama. De acordo com informações da BBC Brasil, seus efeitos devem se prolongar por mais de uma década em um local onde caatinga, cerrado e mata atlântica se encontram.

“Se não passar fogo por ali, em 15 anos é que algumas áreas começarão a se recuperar”, diz o geógrafo Rogério Mucugê, coordenador de projetos da ONG Conservação Internacional na região, onde vive desde a década de 1990.

Segundo ele, esse é o prazo para que a mata ciliar, a área de floresta que protege os rios, esboce uma reação – os campos de cerrado se recuperam mais rápido. Em razão da diversidade, algumas espécies da fauna e da flora só existem ali.

Uma equipe da ONG, que estava na chapada para gravar um vídeo sobre um projeto ambiental que realiza na bacia do rio Paraguaçu, registrou o combate e o impacto dos incêndios, inclusive nos arredores de um dos símbolos da região, o Morro do Pai Inácio. Algumas dessas imagens acompanham essa reportagem.

Equipes estaduais estão fazendo um levantamento dos efeitos do fogo na fauna e da flora, trabalho que irá determinar o montante a ser investido na restauração florestal, afirma o secretário Spengler. Segundo ele, a área será prioridade na alocação de recursos da pasta.

Além das consequências imediatas nas espécies locais, um incêndio dessa proporção afeta também a quantidade e qualidade da água que chega a boa parte dos baianos, e logo em tempos de seca mais severa por causa do fenômeno climático El Niño, explica o geógrafo Mucugê – homônimo, aliás, da cidade baiana onde vive.

O rio Paraguaçu, cuja nascente fica ali, abastece 85 municípios, incluindo 60% da região metropolitana de Salvador. A chuva que caiu nesses últimos dias está longe de ser a esperada para o mês de novembro na área da chapada, tida como a “caixa d’água da Bahia”, conta.CI Brasil


www.vejabaixagrande.com.br

Advogada é presa após furtar anel de loja no shopping Barra

Uma advogada foi presa, na tarde de sábado (28), após furtar um anel da loja Romanel, em Salvador. Segundo informações da polícia, Carla Aires Almeida Ramos foi presa em flagrante ao tentar deixar a loja com o produto.

Na delegacia, a acusada prestou depoimento, alegou que faz uso de medicamentos controlados e apresentou a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Carla permanece detida na Central de Flagrantes, nos Barris. A direção da loja ainda não comentou o caso.bocaonews


www.vejabaixagrande.com.br

Tragédia na Fenagro: cavalo campeão morre eletrocutado em baia

Segundo um técnico que já trabalhou em outras edições da feira e não quis ser identificado, um dos grandes problemas, é que o Parque de Exposições não dispõe de baias suficientes para a quantidade de animais trazidos para eventos como a Fenagro. Ele ainda ressalta que muitas baias terminam sendo improvisadas, bem como suas instalações elétricas. Uma quantidade de baias é de concreto, as improvisadas são de madeiras e ferro. 
 
O Parque de Exposição é administrado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) e o evento neste ano foi organizado pela Associação dos Caprinos e Ovinos da Bahia, através de concessão fornecida pelo órgão estadual para usar o espaço.
 
Na há informações se existe para o evento Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), fornecida pelo Crea-BA, que legaliza projetos que envolvam estruturas elétricas, entre outras. Ainda não há informações se o choque elétrico foi acidental ou criminoso.

bocaonews

www.vejabaixagrande.com.br

 

 

 

Homem atropela e mata o próprio pai no município de Capim Grosso

Na noite desta sexta-feira, 27 de novembro de 2015, um homem de 77 anos, morreu vítima de atropelamento no Povoado de Colônia, no município de Capim Grosso.

Segundo informações, o idoso foi atropelado pelo próprio filho que trafegava em um veículo Gol. A Polícia Militar esteve no local e o corpo foi recolhido pelo Departamento de Polícia Técnica para o IML de Jacobina. O veículo foi encaminhado para o pátio da Polícia Militar de Capim Grosso.

Ainda de acordo com informações, o homem que guiava o veículo é filho da vítima. Em uma foto tirada no local, mostra o desespero do filho deitado ao lado do corpo do pai.

Segundo consta, o condutor apresentava sinais de embriaguez, e a realização de Exame de Alcoolemia deu 0.84 mg/l de álcool por litro de sangue, muito acima do permitido que é 0,05 mg/l, para dirigir.Augusto Urgente


www.vejabaixagrande.com.br

Quatro barragens de rejeitos na Bahia deixam cidades em alerta

A Bahia possui 24 barragens de rejeitos de minério. Dessas, quatro possuem classificação idêntica à Barragem do Fundão, que rompeu no último dia 5, em Mariana (MG). Duas delas ficam em Jacobina, no Centro-Norte do estado, e as outras duas em Santaluz, no Nordeste baiano, onde as barragens possuem dano potencial associado (DPA) considerado alto pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Apesar disso, elas não aparecem entre as 16 mais inseguras do país, segundo relatório divulgado em abril pelo próprio DNPM, e apenas uma está em plena atividade. As outras não têm sido utilizadas, mas armazenam material de rejeitos – a Barragem 01, em Jacobina, inclusive, preencheu toda a capacidade de armazenamento em 2008. Já as de Santaluz não estão ativas, segundo a Fazenda Brasileiro S/A, subsidiária da Yamana, que administra as barragens.

A semelhança entre os perfis, no entanto, ligou um alerta entre autoridades locais e, principalmente, nas populações que vivem próximas dessas estruturas. Uma das preocupações diz respeito aos planos de evacuação em caso de acidente, apresentados pelas empresas para conseguir a licença de funcionamento. Até agora, entre as quatro, nenhum foi posto em prática.todabahia

www.vejabaixagrande.com.br

Homem é preso no povoado de Umbuzeiro, município de Mundo Novo, por exercer odontologia ilegalmente

Um homem identificado como Edinaldo Siqueira de Albuquerque, foi preso neste sábado, 28 de novembro de 2015, no povoado de Umbuzeiro, município de Mundo Novo, por exercer ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista.

Segundo o Conselho Regional de Odontologia (CRO-BA), Edinaldo estava atendendo uma mulher no momento em que foi preso. A cliente prestou depoimento na delegacia do município e relatou já ter sido atendida anteriormente por ele.

Vários moradores da localidade também disseram frequentar o consultório de Dadinha, como é conhecido na região, por se tratar de um “bom dentista”. Ele fazia extrações dentárias por R$50 reais e cobrou R$ 400 da última paciente para realizar duas extrações e uma ponte.

Segundo dados do Conselho Regional de Odontologia (CRO-BA), esta é a 27ª prisão de profissionais ilegais somente este ano no estado. O falso dentista pode responder pelo exercício ilegal da Odontologia e cumprir pena de seis meses a dois anos de prisão.Bahia Notícias

www.vejabaixagrande.com.br

Diretor de Cultura de Baixa Grande deve ser exonerado nesta segunda-feira

Segundo informações de bastidores o Diretor de Cultura, Esporte e Lazer de Baixa Grande-BA será exonerado nesta segunda-feira, 30 de novembro de 2015, além de José Francisco, conhecido popularmente por Chiquinho, será esta e outras exonerações de cargos nesta segunda-feira, essas exonerações se dá pelo “enxugamento” na folha de pagamento de dezembro, ainda segundo informações o executivo cogita nomear o jovem Arlison Miranda para ocupar o cargo de diretor de esporte e lazer, assumido por Chiquinho desde janeiro de 2013.

Chiquinho é alvo de críticas, pois quase nada foi feito na área em que ele ocupa, o jovem Arlison se mostrou responsável assumindo o comando de preparador físico da seleção que jogou a Copa do Jacuípe 2015, e até assumiu o cargo como técnico em um jogo realizado na cidade de Pintadas.

Fonte: www.baciadojacuipe.com.br
Autor(a): Ediomário Catureba

www.vejabaixagrande.com.br

"Era rapidinho", diz pai que confessou ter estuprado 5 filhas no Amapá

Um agricultor foi preso na quinta-feira (26) acusado de estuprar cinco filhas, em uma propriedade rural de Oiapoque, a 590 km de Macapá, no Amapá. As vítimas têm entre 5 e 14 anos e moravam com o pai, Raimundo de Almeida, 49 anos, desde que ele se separou da mãe da meninas, há três anos.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Charles Correa, responsável pela prisão e resgate das crianças, inicialmente Raimundo confessou o estupro de apenas duas filhas. No entanto, exames comprovaram o abuso em todas meninas. “Era rapidinho, não fazia nada não, era rapidinho”, confessou o agricultor à Rede Amazônica no Amapá.

O acusado está preso na delegacia de Oiapoque e as crianças foram levadas de volta para a mãe, que pertence à etnia indígena Karipuna. Elas ainda estão sendo acompanhadas pelo Conselho Tutelar e pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

“O representante da Funai apresentou a mãe da vítima e trouxe uma das filhas abusadas, que tem 12 anos. Fizemos o exame de conjunção carnal que atestou o abuso, tanto o rompimento do hímen, quanto fissuras anais. Após isso investigamos os demais abusos”, contou o delegado Correa.

Na propriedade de Raimundo, onde aconteciam os abusos, foram encontradas também evidências de trabalho escravo, o qual as crianças eram submetidas. “As meninas aparentam bastante traumas com a situação. Estão bem acuadas, chorosas e a psicóloga acompanhou a operação toda”, detalhou o delegado. Raimundo ainda responderá por porte ilegal de arma.

Ainda segundo o delegado, há a suspeita de que o pai tenha dado medicamento abortivo a uma das filhas. “Após perceber que ela [a filha de 14 anos] apresentava sinais de gravidez, como vômito, enjoos, o pai deu para ela supostamente um remédio que seria para verme, mas a gente tem desconfiança que seja um remédio abortivo”, detalhou.correio24horas

www.vejabaixagrande.com.br

PF apreende 327 kg de maconha em Feira de Santana

A Polícia Federal apreendeu 327 kg de maconha e prendeu um homem na BR-116 Sul, em Feira de Santana, por volta de 1h da madruga desta sexta-feira (27). De acordo com os policiais, a apreensão foi feita após denúncia anônima de que a droga estaria vindo de São Paulo em uma van que viajava com destino a cidade de Marani (PE) e passaria por Feira de Santana.

Os policiais montaram uma campana no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e quando avistaram a van fizeram a abordagem encontrado a droga. No veículo havia sete passageiros e dois motoristas, que revezavam a direção, todos foram encaminhados para a delegacia e liberados.

Um dos motoristas informou que o dono da droga pediu para entregar uma mercadoria em Feira de Santana, mas não informou o que continha na embalagem. Ele informou para a polícia que o dono estava em um veículo Polo prata, de placa HTT-0841, licença de Eldorado (MS), que trafegava na rodovia na frente da van. O condutor do Polo foi abordado preso em flagrante, e encaminhado para a Polícia Federal, em Salvador.Acorda Cidade

www.vejabaixagrande.com.br

Riachão do Jacuípe - Operação conjunta das policias Militar, CAEL e Civil cerca e prende traficantes no Alto do Cruzeiro

Uma Operação conjunta das policias Militar, Caatinga e Civil prendeu na tarde desta sexta-feira (27), no bairro Alto do Cruzeiro, em Riachão do Jacuipe, o traficante Uedson Maílson Carneiro (Mamai), por porte ilegal de arma e posse de drogas.
Segundo apurou nossa reportagem, o traficante Mamai, como é mais conhecido, trocou tiros com dois menores suspeitos nesta quinta-feira e teria escapado por sorte de uma emboscada armada pelos comparsas às margens do Rio Jacuipe, nas imediações do Alto do Cruzeiro.
Ainda de acordo com as informações, ao se sentir cercado, Mamai teria fugido, mas ainda assim foi alvejado pelos elementos. Na fuga, ele deixou a sua arma cair.
Mamai é o principal suspeito de ter assassinado o comerciante Gil do Jogo do Bicho, meses atrás. Após ser abordado e levado á Delegacia para ser ouvido, ele ficou detido à disposição da Justiça. Os outros dois envolvidos na confusão, menores, foram ouvidos e liberados por falta de provas. (Daqui a pouco, mais informações/Foto: ilustração).interiordabahia

www.vejabaixagrande.com.br

Prefeitura de Baixa Grande inicia limpeza do açude em Italegre

O Secretario de Agricultura e Meio Ambientes de Baixa Grande-BA, Reinaldo Brito de Carvalho postou em sua rede social do facebook na manhã desta sexta-feira, 27 de novembro de 2015, um texto com fotos informando o inicio da limpeza do açude do Distrito de Italegre. O site www.vejabaixagrande.com esteve no povoado na última quarta-feira, 25 e em entrevistas moradores relataram  a preocupação com esta aguada que atendia a região e veio a secar após 25 anos. Este açude foi cavado na década de 60, secou apenas na estiagem de 1989, devido à longa estiagem que afetou o município na época e veio secar esta semana.


O distrito de Italegre, fica distante 17 km da sede, com cerca de 1200 habitantes é abastecido com água encanada desde 2008, no entanto os moradores reclamam que chega até 70 dias sem o líquido cair nas torneiras. Em 2015 tivemos um dos melhores invernos dos últimos 05 anos, no entanto as chuvas de inverno molharam a terra mais não acumulou água nos reservatórios. E mais de 08 anos sem termos chuvas de trovoadas ajudou no secamente desta aguada. 

Fotos: Reinaldo Brito de Carvalho

www.vejabaixagrande.com.br

 

Mercearia é assaltada na rua do curral em Baixa Grande-BA

Por voltas das 19:30 desta sexta-feira, 27 de novembro de 2015 dois elementos ainda não identificados assaltaram a mercearia de João do Bengo e Dona Miralva, que fica localizado na Rua Idelino Pereira Suzart, conhecida como Rua do Curral, segundo informações de populares os meliantes chegaram em uma motocicleta modelo pop 100 e anunciaram o assalto, os elementos conseguiram levar do estabelecimento uma televisão, um DVD  e diversos CDS, além de todo o dinheiro que estava no caixa do estabelecimento, policias estiveram no local mais até o momento não há pistas do paradeiro da dupla.

Da redação: Marcelo Barbosa

www.vejabaixagrande.com.br

Servidora municipal é presa em SP por suspeita de fraudes ambientais

A servidora da prefeitura de Salvador Berti Goulart, funcionária da Secretaria de Urbanismo (Sucom), foi presa em São Paulo na noite desta quinta-feira (26), por suspeita de envolvimento em um esquema criminoso de fraudes em processos de licenciamentos ambientais e de autuações ilegais. Além dela, outros quatro servidores já haviam sido presos na "Operação Verde Limpo", deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) na quarta-feira (25).
Segundo o MP-BA, o último mandado de prisão da operação foi cumprido em São Paulo com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas de São Paulo (Gaeco-SP) e da Polícia Federal. Berti Goulart está custodiada na delegacia de São José dos Campos (SP). Nesta sexta-feira (27), ela será encaminhada para Salvador.
Também foram presos, na quarta (25), os servidores Vânia de Oliveira Coelho e Antônio Carlos Carvalho e os empresários Marcos Carvalho Silva e Rafael Oliveira Barreto.
Esquema
Servidores da prefeitura de Salvador suspeitos de envolvimento em esquema de fraudes de licenciamentos e autuações ambientais, desarticulado após operação deflagrada pelo Ministério Público (MP-BA) na quarta-feira (25), aplicavam multas indevidas para beneficiar empresas em troca de propina. Além disso, eles trocavam o pagamento das multas por equipamentos como tablets, aparelhos de ar-condicionado, computadores e até cafeteiras.Do G1 BA

www.vejabaixagrande.com.br

Cadela cativa moradores na BA ao acompanhar missa, velório e enterros

Uma cadela da cidade de Tanquinho, região metropolitana de Feira de Santana, que fica a 100 quilômetros de Salvador, chama atenção de moradores ao frequentar missas, velórios e sepultamentos no município. Quando toca o barulho do sino, em alguns instantes a cadela chega à igreja de Tanquinho. Há três anos que o ritual se repete e o animal não perde uma missa sequer. Um dia, quando ela não foi, a população sentiu falta."Todas as missas, todas as procissões, todos os enterros, essa cachorra, quando bate o sino, ele aparece e participa de toda cerimônia", conta o padre Edmundo Almeida.
Segundo os moradores de Tanquinho, o dono da cadela, que se chama Menina, viajava bastante. Há informações de que uma dessas viagens demorou tanto que, quando ele voltou para casa, a cadela não estava mais lá. Depois disso, ela começou a andar pelas ruas da cidade e, misteriosamente, passou a acompanhar todas as missas, procissões, enterros.
Quando a missa acaba, ela acompanha o enterro, sempre na parte da frente da cerimônia. A cadela ainda fica o tempo inteiro na missa de corpo presente e, quando termina, ela segue com a família para levar o caixão até o cemitério.

'Causos'

Segundo uma moradora, Menina sempre acompanha os eventos da igreja com uma garrafa na boca. Durante a missa, a cadela, na maioria das vezes, assiste às celebrações embaixo do banco da primeira fila, mas também vai para o cantinho da igreja.
Minha cunhada faleceu e na semana que ela faleceu, ela [a cadela] estava lá, na cozinha dela. Ela visitou a casa, ficou lá um tempo deitada na cozinha. Na casa de minha cunhada ela não tinha costume de ir", relatou a professora Maria Luíza Oliveira.
A cadela é tão fiel à igreja, que até ganhou uma roupa. "O costume que ela tem de ir à igreja, eu achei que deveria fazer uma roupinha para ela para estar sempre arrumada", revela a aposentada Maria da Silva. Os mistérios são muitos, difíceis de explicar, mas enquanto isso, Menina segue a rotina dela e não fica sozinha, pois o que não falta para essa cadela é amor, carinho e companhia.Do G1 BA

www.vejabaixagrande.com.br

Homem é condenado nos EUA após matar esposa e postar foto de corpo no Facebook

Um homem que matou sua esposa e postou uma foto do corpo no Facebook foi condenado à prisão no Estado americano da Flórida.
Derek Medina, de 33 anos, confessou ter tirado a foto com seu celular e publicado a imagem no site. No julgamento, ele disse ter atirado oito vezes em Jennifer Alfonso, de 27 anos, em defesa própria após anos de abuso.
Ele foi considerado culpado da acusação de homicídio e aguarda a sentença. O crime ocorreu em agosto de 2013.
Medina disse que sua esposa o ameaçava com uma faca quando ele atirou nela na casa do casal em Miami. Mas promotores disseram que ela estava ajoelhada no chão.

saiba mais
Facebook bloqueia conta de mulher chamada Isis: ‘Acha que sou terrorista’
Apple é chamada de racista após jovens negros serem expulsos de loja
Australiana perde prêmio após publicar selfie com bilhete vencedor
Norte-americanos ligam para a polícia durante pane do Facebook
Ao postar a foto, Medina escreveu no Facebook que esperava ir para a prisão ou ser condenado à morte.Promotores afirmaram que a esposa temia ser morta ao ser assassinada, já que Medina havia prometido matá-la caso ela o deixasse. Ela teria dito a amigas que planejava separar-se do marido.
"Nenhuma família deveria ver sua filha morta e então exposta a todo o mundo na internet como um troféu macabro da raiva de um marido", disse a procuradora Katherine Rundle.Da BBC

www.vejabaixagrande.com.br

Três vítimas de chacina em Serra Preta são identificadas

Foram identificados no Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana (DPT) nesta quinta-feira (26), os corpos de três das quatro pessoas mortas a facadas em uma chacina na Fazenda Barra, no município de Serra Preta.

Os corpos dos irmãos Wagno Figueiredo Bastos, 22 anos, e Geovana Figueiredo Bastos, 21, que moravam no Areal, no bairro Olhos D’ água, em Feira, e Cláudio Roberto Silva, o Gueguel, 20 anos, namorado de Geovana, que também residia no bairro Olhos D’ água, foram encontrados na quarta-feira (25).

A quarta vítima, uma mulher, continua sem identificação. Segundo o delegado João Uzzum, investigações apontam que as vítimas teriam participado de um assalto a uma casa lotérica em Feira de Santana, e Gueguel estava com algumas armas que não pertenciam ao grupo.

“Parece que uma dessas armas foi extraviada e em razão disso ele (Gueguel) foi se esconder nessa localidade. Então indivíduos de fora, certamente pessoas de Feira de Santana ligadas à quadrilha, vieram e executaram barbaramente essas pessoas”, relatou o delegado Uzzum.acordacidade

www.vejabaixagrande.com.br

Relação entre zika e síndrome de Guillain-Barré é comprovada pela Fiocruz

Sete pacientes diagnosticados com a síndrome de Guillain-Barré, que afeta o sistema nervoso e causa fraqueza muscular, tiveram infecção por zika vírus. É o que mostra uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco. Os pesquisadores acreditam que o zika foi o responsável por provocar a síndrome, comprovando a relação do vírus e complicações neurológicas.

A fundação tem o registro de 130 casos da síndrome na Bahia este ano. Segundo a Secretaria da Saúde, foram nove. De acordo com o Correio*, a comprovação da relação entre as duas doenças veio depois de o Ministério da Saúde anunciar que o zika vírus é a principal hipótese para explicar o aumento da ocorrência de microcefalia na região Nordeste.

A síndrome de Guillain-Barré atinge o sistema nervoso periférico e, geralmente, causa déficit de força nos membros, começando pelos inferiores e podendo atingir o tronco e vias respiratórias. Ela ocorre em uma a cada 100 mil pessoas.Bocão News

www.vejabaixagrande.com.br

Idoso é acusado de estuprar e engravidar vizinha de 12 anos no interior da Bahia

Um idoso de 60 anos é acusado de estuprar e engravidar uma menina de 12 anos, no distrito de Japumirim, situado em Itagibá, município localizado a 370 km de Salvador. As informações foram confirmadas pela DT (Delegacia Territorial). A mãe da vítima suspeitou do comportamento da garota e dos atrasos no ciclo menstrual.

Segundo informações da Record Bahia, a menina acabou confessando que o vizinho cometeu o abuso. A vítima fez um teste que constatou a gravidez, e em seguida, juntamente com a mãe, compareceu a unidade policial e registrou a queixa contra o idoso.

Segunda a polícia, a menina foi submetida a exame de corpo de delito no DPT (Departamento de Polícia Técnica), onde o estupro foi confirmado. O suspeito foi detido provisoriamente e encontra-se encarcerado.

Na delegacia, o homem não quis se pronunciar sobre o ocorrido. A polícia destacou ainda que idoso deverá ser transferido para o presídio. O caso está sob investigação da Polícia Civil e acompanhamento do conselho tutelar.varelanoticias

www.vejabaixagrande.com.br

Homicídio e tentativa de homicídio em Várzea do Poço

Por volta das 02 horas da madrugada dessa quinta-feira, 26 de novembro de 2015, aconteceu um homicídio e uma tentativa de homicídio, na fazenda Duas Irmãs, município de Várzea do Poço.
Jislan Carvalho Silva, de 20 anos, conhecido como Nominho, natural de Várzea do Poço, foi assassinado. Alisson Ferreira da Silva ficou ferido, chegou a ser internado no hospital Rivorge Gonçalves Lima, em Várzea do Poço, mas teria fugido.
Boatos correm pela cidade de que os dois rapazes tentaram roubar uma propriedade e foram surpreendidos pelo proprietário Clevson da Silva Mendes, de 45 anos, conhecido como Kekinha, morador de Várzea do Poço, que fugiu do local.Foi confirmado que a arma utilizada foi um facão. A polícia já está no local, enquanto aguarda a presença do DPT e segue com a investigação procurando desvendar mais esse crime.varzeadopoconoticias

www.vejabaixagrande.com.br

PF prende 18 suspeitos de integrar quadrilha ligada à facção paulista

A Polícia Federal cumpriu 18 suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro na Operação Patente, deflagrada em Ilhéus nesta quinta-feira (26). A ação ainda cumpriu 20 mandados de busca e apreensão. Segundo a PF, a quadrilha é suspeita de movimentar cerca de R$ 20 milhões. Em oito meses de investigação, a polícia apreendeu dois mil quilos de drogas referentes ao tráfico da organização.
O delegado Mário Lima, da delegacia da PF em Ilhéus, informou ao G1 que uma advogada, suspeita de ser uma das líderes do tráfico, e uma estagiária de Direito estão entre os presos. "A organização atuava nas cidades de Ihéus, Itacaré, Jequié, Salvador e São Paulo. Eles compravam boa parte da droga junto com conhecida facção criminosa em São Paulo", explica Lima.
Nesta quinta-feira (26), a PF apreendeu material relativo à contabilidade do tráfico, cerca de R$ 65 mil, uma pequena quantidade de drogas e veículos. A operação visava cumprir 27 mandados de prisão preventiva e 22 mandados de busca e apreensão.
Conforme a polícia, prestaram apoio à operação a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e a força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA).Do G1 BA

www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande