Brasil é o 16º consumidor de maconha do mundo

O Brasil ocupa a 16ª entre os países consumidores de maconha, de acordo com o levantamento do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC). Os dados revelam ainda que 4,9% da população mundial com idades entre 15 e 64 anos revelou ter consumido a droga em 2012.

O primeiro lugar do ranking é da Islândia, onde 18,3% da população consome maconha. Em segundo lugar está Nigéria, com 16,8%. O Uruguai, primeiro país do planeta a legalizar a droga, aparece apenas em 20º, enquanto que o Brasil, que discute o tema há tempos e está em vias de tomar uma posição legal, está em 16º.Uso medicinal

Um método criado por pesquisadores das universidades de East Anglia, em Barcelona, na Espanha, bloqueia os efeitos colaterais cognitivos da maconha, como como a amnésia, e, ao mesmo tempo, preserva os seus benefícios para o uso medicinal.

Durante os estudos com camundongos, os pesquisadores descobriram que a ausência de um determinado receptor de serotonina conhecido como 5HT2AR reduz alguns dos efeitos cognitivos negativos do THC, mas que essa mesma ausência não tem impacto nos seus efeitos positivos.

Os estudiosos acreditam que, futuramente, o trabalho possa representar um marco para terapias baseadas no uso da cannabis, já que há potencial de evitar que elas causem alterações no humor, na percepção e na memória dos pacientes.Os cientistas, entanto, alertam que os pacientes não devem tentar se automedicar com a cannabis.

Redação iBahia

http://www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande