Após matéria do Bocão, Sudesb garante que investe em infraestrutura para atletas

Após a matéria do Bocão News e do Galáticos Online sobre as dificuldades enfrentadas pelos atletas baianos para disputar as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016, a Superintendência de Desenvolvimento dos Desportos (Sudesb) se manifestou, por meio de nota, explicando que o governo do Estado tem investido na reforma, modernização e construção de equipamentos esportivos.

De acordo com o órgão, foram firmados contratos e convênios para a construção ou reforma de cerca de 400 equipamentos esportivos em todo o Estado, estando nesta lista quadras, ginásios, pistas de skate e piscinas. Sobre a crítica do presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), Sérgio Silva, de que não acredita que o Centro Olímpico de Natação fique pronto este ano. A Sudesb não precisou a data, mas garantiu que será entregue este ano.

“São destaques também no fortalecimento da infraestrutura do esporte, a construção do Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, a reforma e modernização do Estádio Metropolitano de Pituaçu, na capital. Também em Salvador, o governo do estado entregou à população, em novembro de 2014, o ginásio de Cajazeiras, possibilitando que a capital baiana volte a receber partidas oficiais das modalidades de quadra, como futsal, vôlei, basquete e handebol”, informou o órgão.

Ainda na nota, a Sudesb destacou que, em 2011, o governo do Estado criou o programa Bolsa Esporte, beneficiando atletas iniciantes e de alto rendimento. Desde a sua criação, segundo o órgão, o programa concedeu 534 bolsas para 321 atletas e paratletas com investimentos da ordem de R$ 2,1 milhões.

“Os desafios para dotar o Estado com uma boa infraestrutura esportiva são grandes e muito há ainda por ser feito. No entanto, todo este investimento feito pelo governo baiano a partir de 2007 vem colocando a área esportiva do Estado em um patamar mais seguro e evoluído, com áreas de lazer e entretenimento para a população e perspectivas de um futuro melhor para atletas e profissionais do esporte”, concluiu.

Por Redação Bocão News

http://www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande