Governo detalha novos bloqueios em orçamentos do PAC, Saúde e Educação

O governo federal detalhou nesta quinta-feira (30), em decreto presidencial, quais serão as áreas afetadas pelo novo contingenciamento de recursos no orçamento deste ano. De acordo com o Tesouro Nacional, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) teve um corte adicional de R$ 2,05 bilhões – além dos R$ 25,7 bilhões cortados em maio deste ano. A publicação no Diário Oficial da União traz ainda bloqueios extras de R$ 1,7 bilhão no Ministério da Saúde e de R$ 1,16 bilhão no Ministério da Educação. Os valores fazem parte do novo contingenciamento de R$ 8,6 bilhões do governo, anunciado após a revisão da meta de superávit primário. Nesta quinta, o secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Saintive, declarou que todas as áreas foram afetadas pelo corte, mas que os limites constitucionais estão sendo respeitados. "Todos sofrerão cortes, mas preservando áreas prioritárias para o governo e respeitando sempre os limites constitucionais. Corte proporcional às áreas. Não tem nenhuma pasta especificamente afetada pelo decreto", declarou, de acordo com o G1.

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande