Bahia tem um caso de violência contra a mulher a cada dois dias, aponta pesquisa

A Bahia teve um caso de violência contra a mulher a cada dois dias em 2021, segundo a pesquisa "Elas vivem: dados da violência contra a mulher", da Rede de Observatórios da Segurança. O levantamento, divulgado nesta quinta-feira (10), aponta que foram 200 registros no ano passado.

Além disso, houve queda de 31% nos registros da Rede, em relação a pesquisa feita em 2020. Apesar da redução, os tipos de violência sofridas não tiveram grande tipo de variação quando o assunto é feminicídio: foi de 70 (2020) para 66 casos (2021).

De acordo com a Rede de Observatórios da Segurança, a Bahia teve 232 casos de violência contra a mulher em 2021. O tipo mais registrado foi feminicídio com 66, seguido por homicídio (55), tentativa de feminicídio/agressão física (50) e violência sexual.

A Rede de Observatórios da Segurança divulga o relatório sobre violência contra mulher anualmente. O estudo, que já era feito com Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, agora passou a incluir Maranhão e Piauí.

A pesquisa da Rede de Observatórios da Segurança é feita com base em metodologia de pesquisa rigorosa e monitoramento diário, por meio de dados divulgados pelas secretarias estaduais, via Lei de Acesso à Informação.

g1 Bahia.

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande