Advogado, jornalista e outras 6 pessoas são presas por suspeita de envolvimento em conflitos de terra na Bahia

Nove pessoas, entre elas um advogado e um jornalista, foram presas durante uma operação contra um esquema de envolvimento em conflitos de terra, em Eunápolis, cidade do extremo sul da Bahia, nesta sexta-feira (4).

A ação foi realizada por policiais civis e militares. Todas as pessoas já estavam com mandado de prisão preventiva expedidos pela 2ª Vara Crime da Comarca de Eunápolis, a pedido do Ministério Público Estadual (MP-BA).

O órgão vinha investigando o advogado e oito cúmplices, todos apontados com envolvimentos em conflitos de terra na região.

A suspeita é que o grupo tenha participado do ataque que deixou três vigilantes feridos e carros de uma empresa de segurança incendiados, em julho do ano passado.

Segundo a polícia, o advogado também é suspeito de extorsão, lavagem de dinheiro, fraude processual e coação de autoridades públicas envolvidas nas apurações dessa investigação. O jornalista, apontado como cúmplice, é suspeito de dar informações falsas.

Além das prisões, foram apreendidos documentos e aparelhos eletroeletrônicos durante a operação.

G1 Bahia.

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande