Laboratório de sismologia aponta 17 casos de tremor de terra na Bahia em quatro dias

O laboratório de sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) detectou 17 ocorrências de tremores de terra na Bahia, de sábado (29) até esta terça-feira (1º). Há relatos de abalos também nos estados de Sergipe e Alagoas.

Os equipamentos detectaram abalos nas cidades de São Miguel das Matas, Elísio Medrado, Amargosa e Santo Antônio de Jesus. A magnitude dos tremores variou entre 1.8 e 4.6.

Moradores relataram os tremores desta terça. De acordo com Elizângela de Jesus, que mora no entrocamento de São Miguel das Matas, a terra tremeu três vezes nesta terça: às 2h47 e 3h50 da madrugada, e por volta das 6h30.

Um morador de Amargosa também relatou tremor na cidade, nesta terça-feira, às 6h36. Ainda nesta manhã, foram relatados tremores nas cidades de Laje, Jiquiriçá e Brejões. Moradores de São José das Matas também sentiram os tremores.

De acordo com Aderson Nascimento, sismólogo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, os tremores desta terça foram detectados por eles.

O sismólogo informou que, em Amargosa, foram detectados dois tremores de terra: um de magnitude de 2.0, às 3h31; e outro de intensidade de 2.4, às 6h36.

g1ba

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande