Mãe pede ajuda para comprar leite de R$ 288 para filho de 5 anos com paralisia cerebral e epilepsia

A dona de casa Carine Silva pede ajuda para comprar o leite especial para o filho, Davi Silva, de 5 anos, que tem paralisia cerebral e epilepsia refratária. Moradores de Alagoinhas, cidade a 130 km de Salvador, Carine e o marido, que trabalha como mecânico, não têm dinheiro para comprar as latas, que custam R$ 288, a unidade.

Em 2019, Davi Silva passou quase o ano todo internado em uma unidade de saúde de Salvador, sendo a maior parte do tempo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Para a dieta de Davi Silva ser feita da forma correta, o menino precisa tomar o leite especial São 21 latas por mês. O custo mensal só com o leite é de R$ 6.048.

Em junho, Carine deu entrada em um processo na Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab) para ter direito ao leite especial. O processo foi aprovado, mas até o momento, ela não recebeu nenhuma lata.

Em nota divulgada pela Sesab, no dia 18 de agosto, o órgão afirmou que houve um problema com o fornecedor, mas que em, uma semana, o produto estaria disponível. Entretanto, o medicamento não foi disponibilizado.

Já que o garoto não pode esperar pelo leite especial, a solução encontrada por Carine e o marido, foi criar uma página em uma rede social, pedindo ajuda para o filho.

G1 Bahia.

 

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande