Adolescente ameaça massacre em faculdade na Bahia

Nesta sexta-feira (22), após fazer postagens em tom ameaçador a colegas, um estudante de direito, de 17 anos, da Faculdade Unesulbahia, foi conduzido para a Delegacia Territorial de Santa Cruz Cabrália, para prestar esclarecimentos. Os policiais civis também cumpriram um mandado de busca e apreensão na residência do menor, e apreenderam um revólver calibre 38, computadores e celulares, que passarão por perícia técnica.

Em uma das postagens, o adolescente chegou a dizer: “Quem mata é Deus, eu só atiro”. Em outro momento, declara: “Já falei, só não ficar perto de quem vai ser alvejado kkkk”. Já em seu perfil do Facebook, a Bandeira do Brasil aparece tremulada ao fundo e a mensagem “Os fins justificam os meios”, inscrita logo abaixo de seu nome.

Segundo o delegado Moisés Damasceno, responsável pela 23a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin / Eunápolis), alunos da mesma instituição também estiveram na unidade policial para relatarem as ameaças. “A busca foi autorizada judicialmente ontem à noite pelo Judiciário, porque ontem (21) ele postou ‘amanhã será um grande dia’”, explicou Damasceno.

A arma apreendida pertencia ao pai do jovem, um delegado que atuou no Amazonas, e a mãe disse não saber das motivações do filho. “Ele foi ouvido e depois liberado, contudo as investigações continuam a cargo da Delegacia Territorial de Santa Cruz Cabrália. Disse que sofre de depressão e toma remédios controlados, e em alguns momentos alega que tudo não passou de uma brincadeira”, disse o delegado.

[Varela Notícias]

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande