Com câmera escondida, mulher grava marido estuprando a própria filha

Um homem de 30 anos foi preso na cidade de Nova Gama, em Goiás, após ser flagrado estuprando a própria filha de 7 anos. A mulher dele escondeu um celular e gravou a agressão após desconfiar dos olhares do jardineiro para a menina. Com as imagens, a mãe procurou o Conselho Tutelar local e acionou a polícia. De acordo com informações do Uol, um vídeo feito durante a prisão mostra o homem negando o crime, mas admitindo ter feito algo errado.

“Eu só queria provocar a minha esposa”, afirmou o acusado diante do questionamento sobre o porquê de ter abusado da garota. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a menina não era mais virgem, o que sugere que o abuso não seria o primeiro. O homem foi indiciado por estupro de vulnerável e pode pegar entre oito e 15 anos de prisão. G1GO

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande