Médico é acusado de dar dois tapas no rosto de adolescente grávida durante consulta

Uma adolescente de 16 anos foi agredida, na noite de quinta-feira (17), com dois tapas no rosto por um médico, durante uma consulta na Maternidade Ester Gomes, no município de Itabuna, no sul da Bahia.

A vítima, que está com 37 semanas de gestão, deu entrada na unidade de saúde com dores e urinando sangue. Ao fazer o exame de toque na grávida, para avaliar se a adolescente já estava entrando em trabalho de parto, ela gritou de dores e foi agredida com um tapa em cada face.

Segundo o Plantão Itabuna, a família da jovem prestou queixa na delegacia, e a investigadora afirmou que a vítima estava com o rosto vermelho.

A direção da Maternidade afirmou que o médico será demitido e que, na segunda-feira, ele não vai mais dar plantão. "A maternidade não aceita, não compactua com esse tipo de coisa".

[Bocão News]

www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande