Sob comoção e homenagens, PM baleado na cabeça durante assalto em praça de pedágio é enterrado

Foi enterrado no final da tarde de domingo (1º) o corpo do policial militar baleado na cabeça durante assalto na praça de pedágio, em Candeias, região metropolitana de Salvador. Cristiano Ramos Pinto, de 36 anos, deixa esposa e uma filha.

O PM estava internado em estado grave, no Hospital da Bahia, em Salvador, desde o dia 28 de março, e morreu no último sábado (31). Sob comoção, amigos e familiares foram se despedir de Cristiano Ramos durante o velório em Feira de Santana, a 100 quilômetros da capital baiana.

Após o velório, o corpo do policial foi levado em um caminhão dos Bombeiros Militares para o cemitério São João Batista, onde recebeu homenagens de colegas de trabalho. A Polícia Militar enviou uma nota de pesar sobre a morte de Cristiano. Ele trabalhava na PM há mais de seis anos. G1BA

 

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande