Soldado da PM é morto a tiros após discussão com ciganos; dois deles também morreram

soldado da Polícia Militar, José Bomfim Lima, foi morto a tiros em um bar, após uma discussão com ciganos, na cidade de Jeremoabo, no nordeste da Bahia, na noite de quinta-feira (2).

Um cigano também foi atingido no local. Ele chegou a ser socorrido para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o outro cigano morreu em confronto com policiais que fizeram buscas por suspeitos.

A discussão ocorreu no bar localizado na rua do Canal, Conjunto João Paulo II, por volta das 22h30. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pùblica (SSP-BA), após a discussão, houve luta corporal e a arma do PM foi tomada. O militar foi até a própria residência, pegou outra arma e voltou ao bar. Nesse momento ocorreu uma troca de tiros que terminou com o soldado e um cigano mortos.

Uma guarnição da PM foi acionada para o local após o crime e já encontrou o soldado morto, após ser baleado. Os policiais entraram em confronto com os ciganos envolvidos na discussão e baleou um deles, que não resistiu aos ferimentos.

Cinco ciganos foram presos e levados para a delegacia de Euclides da Cunha. Com eles foi encontrada a quantia de R$ 18 mil e seis armas, entre elas a do soldado Bonfim.

O soldado trabalhava na PM há 14 anos e deixa esposa e um filho. O sepultamento será no sábado (4), às 8h, no Cemitério São João Batista, em Jeremoabo.

[G1 BA]

www.vejabaixagrande.com.br



Informações Adicionais

Veja Baixa Grande