Suspeito de assassinar menina Beatriz com 42 facadas em Petrolina é detido pela polícia

O homem suspeito de assassinar a menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, com 42 facadas, foi detido pela polícia na segunda-feira (30), em Lagoa Grande, no Pernambuco. O acusado foi preso sob suspeita de ter assassinado outra pessoa no último sábado (28). A autoria ou participação do homem na morte da criança está sendo investigada.

O crime contra Beatriz aconteceu em dezembro de 2015, dentro da escola em que a vítima estudava em Juazeiro, norte da Bahia. No momento do assassinato, a irmã mais velha da menina participava de uma colação de grau.

O corpo da criança foi encontrado em uma sala desativada e a polícia detectou dois perfis de DNA masculino. Um estava na faca e o outro na unha da vítima.

“A saliva do homem [detido] foi colhida pela Polícia Científica no Instituto Médico Legal de Petrolina. (…) O material genético será comparado ao material recolhido na faca utilizada no crime de Beatriz”, disse a Polícia Civil.Varela Notícias

www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande