Polícia Civil prende pai de santo e mais 4 homens acusados de assassinato em Feira de Santana

Um pai de santo está sendo acusado de ser o mandante do assassinato do agricultor Renildo Gonçalves de Jesus, 58 anos, que foi morto com cerca de seis tiros no dia 14 de março deste ano na porta de casa, na frente dos filhos e da esposa. O crime ocorreu no distrito de Tiquaruçu.

Uma operação da Delegacia de Homicídios (DH) cumpriu cinco mandatos de prisão e busca domiciliar, em vários locais de Feira de Santana, na manhã desta sexta-feira (21), contra ele e outros quarto envolvidos.

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, titular da DH, a operação teve 100% de êxito, com a prisão de todos os acusados.
Foram presos: o pai de santo, Tomaz Pereira Gonçalves Alves, 66 anos, apontado pela polícia como o mandante do crime; Tiago de Freitas, 24; Lázaro Jonas da Cruz Neto, 27; Antônio Marcos dos Santos Lima, 27; e Charlon Gabriel da Nobrega Coelho, 24, que foram os executores. Segundo o delegado, eles teriam recebido a quantia de R$ 3 mil reais do mentor para praticar o crime.

Gustavo Coutinho disse também que, todos com exceção de Tomaz Pereira, confessaram o crime, e que a motivação pode estar relacionada com a disputa de clientes de trabalhos espirituais.

“O pai de santo está negando, mas os outros quatros já confirmaram de forma detalhada como foi a divisão do dinheiro, de quem era a arma, de quem era a moto, e como eles fizeram para atrair a vítima. Está tudo comprovado e documentado e acredito que eles vão a júri em pouco tempo. O mandante do crime pagou a quantia de R$ 3 mil a Antônio Marcos que, com a ajuda do primo Tiago, contrataram mais dois pistoleiros: Charlon e Lázaro para matarem a vítima. Dois ficaram com R$ 900 e outros dois com R$ 600, cada um” informou o delegado.

O titular da DH explicou ao Acorda Cidade que chegou aos acusados após fazer o levantamento dos proprietários de motocicleta XRE na localidade e através de depoimentos de familiares. A prisão dos cinco acusados ocorreu por volta das 5h da manhã e todos serão encaminhados para o Conjunto Penal de Feira de Santana, onde ficarão a disposição da justiça. [Acorda Cidade]

www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande