Foragido de São Paulo é preso em Santo Estevão; suspeito de integrar o PCC, também é acusado de matar a ex-mulher no dia do aniversário da vítima

Uma operação realizada em conjunto pelas polícias Civil e Militar conseguiu prender dois homens considerados de alta periculosidade na localidade conhecida como ‘Cabeça da Vaca’, no município de Santo Estevão.

Segundo o delegado Euvaldo Costa, titular da Delegacia Territorial (DT), a polícia recebeu a informação de que homens armados estavam assaltando e traficando drogas na região. Durante a operação foram presos Paulo Eduardo Nogueira Mendes, 31 anos, procurado pela polícia de São Paulo, e Anderson Conceição de Jesus, 21 anos, morador de Salvador.

Em entrevista ao repórter Marcos Valentim, o delegado informou que Paulo Eduardo é acusado de assassinar a ex-mulher no dia do aniversário dela em São Paulo, no fim de semana passado. Ele teria saído da prisão após um benefício concedido pela justiça e por vingança, matou a ex-mulher. O delegado também suspeita que ele seja integrante da facção Primeiro Comando da Capital (PCC). Paulo utilizava documentos falsos.Durante entrevista, Paulo Eduardo confessou ter matado a ex-mulher em São Paulo e que após o crime foi a pé até o Terminal Rodoviário do Tietê, e comprou uma passagem para Santo Estevão, onde alugou uma casa e estava escondido. Ele disse que chegou no bar onde estavam comemorando o aniversário da vítima e que após ser ofendido perdeu a cabeça. “Me chamaram de lixo, a irmã dela, e disse que ia chamar a polícia. Eu estava alterado, peço que me perdoem”, declarou o acusado. Uma matéria divulgada pelo programa Cidade Alerta da Tv Record de São Paulo revela que Paulo Eduardo era um marido violento e que já tentou matar a esposa, Daniela. Com medo, e para proteger o filho, ela resolveu se separar dele. Na mesma época, Paulo foi preso por assalto e na prisão só pensava em vingança. Beneficiado com a saída temporária do Dia dos Pais, ele sai da cadeia e no dia do aniversário da mulher, comete o crime na frente de todos.

De acordo com a polícia, o outro homem preso, Anderson, veio de Salvador para Santo Estevão a mando de um traficante conhecido como “Dadai”, que está cumprindo pela, mas que comanda o tráfico de drogas no município.Os acusados foram autuados em flagrante e encaminhados para o presídio. Paulo Eduardo foi autuado por portar documento falso e a delegacia de Santo Estevão vai acionar a polícia de São Paulo, pelo homicídio cometido naquela capital. Outras pessoas também foram detidas e após serem ouvidas foram liberadas.

Blog Central de Polícia, com informações de Marcos Valentim e fotos do Boca de Zero Nove.

http://www.vejabaixagrande.com.br

Informações Adicionais

Veja Baixa Grande